A última impressão é a que fica

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

 A ÚLTIMA IMPRESSÃO É A QUE FICA
Ezequiel Capítulo 18

    Porque será que acreditamos em certas mentiras? Por exemplo, há uma propaganda de perfume que insiste em incutir em nossas mentes a seguinte ideia: “A PRIMEIRA IMPRESSÃO É A QUE FICA!” 

    Pela nossa experiência de vida, sabemos que isso é mentira, mas, a gente sempre acaba comprando o perfume e, pior ainda, “compramos” também a ideia mentirosa. E a “vendemos” para nossos filhos, amigos e parentes, especialmente quando queremos que eles se vistam bem para um encontro importante ou para uma entrevista de emprego. Mas o fato é que esta frase é uma grande mentira. Quer conferir comigo?

  – Levantem a mão direita todos aqueles que um dia conheceram uma pessoa maravilhosa, mas, depois de a conhecer melhor, decepcionou-se com tal pessoa! Podem baixar as mãos.

    – Agora levantem a mão direita aqueles que um dia “não foram com a cara” de uma pessoa quando a conheceram, mas depois, com a convivência, descobriu tratar-se de uma pessoa boa, que não era nada daquilo que parecia ser e hoje, quem sabe, são até amigos! Podem baixar as mãos! Obrigado.

    Viu? Eu não disse que essa idéia sobre a primeira impressão é uma tremenda mentira?
A primeira impressão é muito importante, especialmente para quem tem um encontro ou uma entrevista de emprego, mas, de fato, a impressão que fica É A ÚLTIMA!

    Este maravilhoso Capítulo do Livro do Profeta Ezequiel ajuda-nos a quebrar alguns preconceitos inúteis:

1. Cada pessoa responde diante de Deus somente por si
“Deus pergunta: – Qual é a de vocês? Porque vocês ficam dizendo que vocês estão sofrendo por causa dos pecados dos seus pais? Nunca mais digam isso! A alma do pai é minha, a alma do filho também é minha. A alma que pecar, essa morrerá” (paráfrase dos versos 1 a 4).

2. Um homem bom pode ter a infelicidade de ter um filho ladrão e assassino
Não julgue o pai pelos erros de seus filhos. Veja o que diz Ezequiel:

“Se um homem justo… gerar um filho ladrão, derramador de sangue… (não responderá pelo filho)” (versos 5 a 13).

3. Um ladrão e assassino pode gerar um filho justo
Não julgue os filhos de um bandido pelos atos de seu pai.

    “… o filho não morrerá pela iniquidade de seu pai” (versos 14 a 18).

4. O perverso pode se converter
Não julgue o perverso que se converteu, como se isso não fosse possível.

    Ninguém está autorizado a cometer perversidades, mas, se de fato, vier a se arrepender Deus promete perdoar seus pecados “… e de todas as iniquidades que cometeu não haverá lembrança contra ele” (versos 21 a 23). 

5. O justo que “virar a cabeça” cairá em desgraça
    Mesmo que tenha sido bom e justo toda a vida, se alguém virar a cabeça “… de todos os atos de justiça que tiver praticado não se fará memória” (verso 24).

Pois, “A ÚLTIMA IMPRESSÃO É A QUE FICA!!!”

    Deus julgará cada um segundo os seus caminhos e nos faz um convite apaixonado, maravilhoso, irrecusável:

    “Convertei-vos e desviai-vos de todas as vossas transgressões; e a iniquidade não vos servirá de tropeço. Lançai de vós todas as vossas transgressões com que transgredistes e criai em vós coração novo e espírito novo; pois, por que morreríeis, ó casa de Israel? Porque não tenho prazer na morte de ninguém, diz o Senhor Deus. PORTANTO, CONVERTEI-VOS E VIVEI” (versos 30 a 32).

Autor: Pr Franco

Site do Pastor

ÚLTIMOS POSTS

Seu Você Oposto

Mateus foi um apóstolo, um autor de um dos evangelhos. Mas, antes que dele ser Mateus, ele foi Levi, um judeu que trabalhou para a

Leia Mais »