A unção em Betânia | Blog do Pr. Ronaldo Guedes Beserra

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

Texto: João 11.55-12.11

Introdução
– “Mateus 26.6-13 e Marcos 14.3-9 mencionam a unção de Jesus por uma mulher não nomeada, na casa de Simão, o leproso, em Betânia, mas João não se refere à casa onde a refeição foi servida. Lucas 7.36-50 registra uma mulher pecadora ungindo Jesus […] Embora existam algumas semelhanças entre os dois relatos, o de Lucas se refere a uma situação diversa da de Mateus, Marcos e João”.

I.) No tempo certo, assuma a missão que Deus confiou a você, custe o que custar – v. 1
– Por um tempo, Jesus se retirou estrategicamente, pois ainda não havia chegado a hora de sua crucificação.
– v. 55-57 – “As multidões consideravam inconcebível que ele corresse tal risco, mas foi justamente isso que fez”.
– Jesus foi para a região de Jerusalém (inicialmente para Betânia), pois havia chegado o momento de cumprir o desafio mais difícil da missão que o Pai lhe havia confiado: morrer por toda a humanidade.
– Você está disposto a assumir a missão que Deus tem para a sua vida, no tempo certo, seja qual for o custo?

II.) Aprenda a expressar gratidão a Jesus por todos as bênçãos e benefícios que Ele lhe tem concedido – v. 2
– “O banquete foi dado em honra de Jesus e foi sugerido que Simão, o leproso, tinha sido curado por ele e expressou sua gratidão desta forma”.
– De que forma você tem expressado sua gratidão pelas dádivas que Deus tem lhe dado?

III.) Tenha um coração sempre disposto a servir – v. 2
– Embora Marta tenha sido exortada por Jesus no texto de Lucas 10.38-42, é inegável que ela tinha um coração de serva.
– Jesus é o nosso maior exemplo nesse quesito – ver Mt 20.28; Lc 22.27; Jo 13.12-15; Fp 2.5-7
– E quanto a nós? Temos um coração de servo? Ou queremos apenas ser servidos?

IV.) Seja um verdadeiro adorador, demonstrando grande devoção e humildade – v. 3
– Oferte ao Senhor algo que lhe custe; não apresente qualquer oferta. O bálsamo de nardo puro era “fabricado de plantas que crescem ao norte da Índia, o que justificava o seu preço”, cerca de um ano de trabalho de um trabalhador comum (v. 5).
– Quando Davi quis comprar a eira de Araúna para ali erguer um altar e oferecer uma oferta ao Senhor, Araúna quis dar a Davi tudo de graça (a terra, os bois, a lenha), sem nada lhe cobrar. Davi porém lhe disse: “não oferecerei ao Senhor, meu Deus, holocaustos que não me custem nada” (2 Sm 24.24).
– “Maria, numa atitude sem precedentes, enxugou os pés de Jesus com os seus cabelos, mostrando grande devoção e humildade. A mulher judia no geral não soltava os cabelos em público”.
– Que a nossa adoração genuína possa encher e impregnar todos os ambientes pelos quais passarmos.
– Temos sido verdadeiros adoradores? Qual tem sido a qualidade de nossa vida de adoração? Temos oferecido ao Senhor algo que nos custa, ou temos oferecido qualquer oferta? Temos demonstrado grande devoção e humildade em nossos atos de adoração?

V.) Cuidado com qualquer tipo de obra da carne travestida de piedade – v. 5, 6 a
– “Judas tinha sido movido pela cobiça e não porque tivesse cuidado dos pobres”.

VI.) Cuidado com as tentações que surgem no decorrer da caminhada – v. 6
– “Nenhuma evidência existe no sentido dos discípulos saberem naquela oportunidade que Judas era ladrão […] Embora pareça estranho que Jesus permitisse um ladrão como tesoureiro, com toda probabilidade Judas fora honesto no início, mas deixou-se tentar pelo dinheiro”.
– As três maiores áreas de tentação são o sexo, o dinheiro e o poder.
– Começar bem não significa terminar bem. Portanto, vigiemos!

VII.) Aprenda a discernir o que é prioridade, ainda que tal prioridade seja em detrimento de uma boa ação – v. 7, 8.
– v. 7 – É como se Jesus estivesse dizendo: “Ela deveria guardar isto para o dia do meu sepultamento, mas está na verdade agindo assim em antecipação desse acontecimento que logo terá lugar”.
– Ainda que ajudar aos pobres fosse uma causa nobre, naquele momento o mais importante era aproveitar os últimos momentos na presença de Jesus que em poucos dias seria crucificado e morto.
– Temos trocado prioridades por boas ações?

VIII.) Entenda que se o seu desejo de servir ao próximo for genuíno, nunca faltarão oportunidades para fazê-lo – v. 8
– “Se Judas e os outros discípulos realmente se preocupassem com os pobres, haveria oportunidades diárias para ajudá-los”.
– Depois de dar atenção às suas prioridades, você tem aproveitado as oportunidades de servir ao próximo?

IX.) Tenha muito cuidado com as suas reações quando se sentir ameaçado pela liderança e destaque de outra pessoa – v. 9-11.
– Ver também Jo 11.47-53,57
– Temos nos sentido ameaçados pelo desempenho de outra pessoa? Como temos reagido?

Pr Ronaldo Guedes Beserra (Esboço preparado em 02.11.19; citações entre aspas de Frank Pack).

Visite o Site do Pr Ronaldo em http://www.ronaldoguedesbeserra.com.br

Sobre Cristianismo Total

Cristianismo Total é um blog evangélico que tem como objetivo difundir a fé Cristã, que é a mensagem através da qual o Deus Eterno se revelou à humanidade.

Fonte: Cristianismo Total

ÚLTIMOS POSTS

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x