Apenas 6% dos americanos possuem uma ‘cosmovisão bíblica’, revela pesquisa

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

Culto em uma igreja nos EUA em meio à pandemia do coronavírus

De acordo com uma pesquisa de George Barna, fundador do The Barna Group, uma empresa especializada em pesquisas sobre crenças religiosas e comportamento dos americanos, apenas 6% dos cidadãos possuem uma cosmovisão bíblica.

A pesquisa faz parte de um novo empreendimento em parceria com a organização conservadora cristã de defesa da família — Family Research Council (FRC). Na última quarta-feira (26), o presidente da FRC, Tony Perkins, disse que o foco está em “oferecer aos cristãos uma base sólida para que possam engajar-se na cultura enraizados na Palavra de Deus”.

Para Perkins, todo cristão precisa ter uma cosmovisão bíblica bem engajada. “Isso só acontece se uma pessoa acredita que a Bíblia é verdadeira, então pode ensinar como ela é aplicada a todas as áreas da vida, o que os capacita a viver de acordo com essas crenças”, disse através de um comunicado.

Os dados revelaram que “enquanto 51% dos adultos americanos dizem ter uma cosmovisão bíblica, apenas 6% destes realmente possuem essa cosmovisão”. Para chegar a essa conclusão, Barna analisou todas as respostas fornecidas pelos entrevistados.

“Por exemplo, dos 51%, 49% disseram que a reencarnação era uma possibilidade após a morte. Enquanto isso, apenas 33% disseram acreditar que “os seres humanos nascem com uma natureza pecaminosa e só podem ser salvos das consequências do pecado por Jesus Cristo”, explicou.

Os resultados da pesquisa mostram que apenas “dizer” que possui uma cosmovisão bíblica, não significa muita coisa. A pesquisa realizada em maio, com uma amostra nacionalmente representativa de mil adultos, possui uma margem de erro de mais ou menos 3,2 pontos percentuais.

“Os cristãos têm o dever de se posicionar contra as marés culturais predominantes e proclamar a verdade de Deus a um mundo escuro e errante”, acredita Perkins.

Para o pesquisador, para alguém se posicionar em relação a uma cosmovisão, ela precisa antes “pisar num terreno sólido”, ou seja, ter uma base firme e consistente em relação ao conhecimento que possui.

Em setembro do ano passado, o Centro de Pesquisa Cultural revelou dados de pesquisa compilados em janeiro de 2020 que mostraram que somente 2% dos millenials têm uma visão de mundo bíblica, embora o montante de 61% se identifiquem como cristãos.

Em 2017, outra pesquisa do American Culture and Faith Institute descobriu que cerca de 10% dos americanos têm uma visão de mundo distintamente bíblica, embora 46% afirmem levar uma vida cristã.

Fonte; Guia-me com informações de The Chrsitian Post


Folha Gospel

ÚLTIMOS POSTS