Após sonho, fazendeiro testemunha colheita sobrenatural em seca: “Semeamos com fé”

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

Durante a terrível seca que atingiu os campos do estado de Novas Gales, no sudoeste da Austrália, em 2019, um fazendeiro cristão testemunhou um milagre em sua colheita improvável. Jarrod Amery, que vive em uma fazenda de 6.500 hectares a 27 quilômetros da cidade de Forbes com sua esposa Emma e seus seis filhos, deu um passo de fé, após ter um sonho profético com uma safra exuberante de canola.

“Eu tive esse sonho, nunca tinha acontecido nada parecido antes, eu tive esse sonho dessa safra de canola e parecia inacreditável. Eu podia ver onde estava. Eu sabia em qual campo estava na fazenda”, contou Jarrod à Eternity News.

Ao conversar com a esposa sobre o sonho, Jarrod entendeu que era Deus falando com eles. Então, o casal de fazendeiros comprou sementes de canola, investindo 36 mil dólares. A atitude foi pela fé, já que o plantio adequado da canola é feito em regiões frias e em solo bastante úmido.

“Nós apenas semeamos com fé. Eu disse a Deus: ‘Sabe, Deus, isso pode ficar muito ruim se você não fizer algo aqui’”, revelou o fazendeiro.

Mas, Jarrod Amery queria ser um agricultor de fé. “Isso pode parecer um pouco incomum, mas eu disse a Deus: ‘Quero ser um fazendeiro sobrenatural’. Não para enfatizar meu nome, mas para mostrar às pessoas que Deus é tão real e tão incrível”, afirmou.


Jarrod deu um passo de fé ao plantar canola, uma semente cultivada em regiões frias e úmidas, durante a terrível seca de 2019, na Austrália. (Foto: Arquivo pessoal).

Após quatro semanas do plantio, Jarrod e sua família viram o sonho que tivera se cumprindo em suas terras. Uma safra de canola exuberante brotou do solo seco e empoeirado. Foi a primeira vez que alguém cultivou essa semente improvável na região.

Na época, Jarrod declarou à Eternity News: “Estávamos parados lá ontem à noite e pensando que isso era um milagre; estamos em um milagre! Estou tão animado com isso. É inacreditável, incrível, simplesmente incrível!”.

Amery é um fazendeiro de quinta geração que precisou “trabalhar duro” para comprar a grande propriedade na Austrália, onde mantém 3 mil ovelhas e cultiva trigo, cevada e, agora, canola.

O cristão afirma que a vida na fazenda ensina a depender totalmente de Deus. “Esta é uma das coisas que estou aprendendo sobre esta seca, é simplesmente confiar em Deus. Servimos a um Deus extraordinário que deseja fazer coisas extraordinárias”.

Jarrod, que viu seu negócio regredir devido à seca e ficou dois anos endividado, antes da colheita sobrenatural de canola, afirma: “Existe uma fé sobre possuir uma fazenda, sobre acreditar que Deus enviará a chuva e apenas ser grato por todas as coisas boas que Ele envia para nossa terra”.

Amor abundante na seca


Jarrod deu um passo de fé ao plantar canola, uma semente cultivada em regiões frias e úmidas, durante a terrível seca de 2019, na Austrália. (Foto: Arquivo pessoal).

Sabendo como a vida de um fazendeiro pode ser desafiadora e estressante, Jarrod tem o costume de oferecer apoio a seus vizinhos em momentos de crise, como quando a região enfrenta uma seca.

“Costumo ligar para nossos vizinhos apenas para checar e ver como eles estão. Especialmente quando as pessoas não conhecem a Deus, fica muito difícil. Mesmo quando você conhece a Deus, às vezes temos grandes desafios”, disse.

E explicou: “Isso [a seca] afeta a moral das pessoas; as pessoas ficam muito deprimidas, especialmente quando você está alimentando animais. Todo fazendeiro quer cuidar dos animais da melhor maneira possível. Estamos gastando mil dólares por dia alimentando nossos animais, e outras pessoas podem estar gastando cinco ou dez mil dólares por dia sem saber quando a chuva vai chegar para permitir que eles parem de se alimentar”.

A família de Jarrod também aproveitou as oportunidades criadas pela seca, para se conectar com as pessoas e levar o amor de Jesus. Eles promoveram um grande churrasco com todos seus vizinhos e doaram uma cesta com mercadorias para as famílias. Jarrod também pode orar com um fazendeiro que passava por necessidade, o homem ficou muito comovido com o cuidado do cristão.

“Antecipo bons lucros e distribuímos alguns desses lucros porque Emma e eu amamos abençoar outras pessoas. Ser abençoado para ser uma bênção”, afirmou Jarrod.

Para o fazendeiro cristão, “Eu tenho que fazer minha parte e trabalhar duro, e então Deus faz a sua parte também. Trabalhamos em parceria”.

 



Guia me

ÚLTIMOS POSTS