Ataque nos arredores do aeroporto de Cabul deixa pelo menos 13 mortos

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

Explosões e tiros foram ouvidos no aeroporto de Cabul, capital do Afeganistão, nesta quinta-feira (26). Mais cedo, Reino Unido, Estados Unidos e Austrália alertaram para o risco de um atentado iminente no local.

O número de vítimas ainda não foi confirmado, mas estima-se que haja pelo menos 13 mortos, incluindo crianças. Fontes do governo dos EUA falam em ataque suicida. De acordo com a Reuters, há vários guardas do Talibã feridos. 

A explosão, inicialmente, foi confirmada pelo governo dos Estados Unidos. “Podemos confirmar uma explosão fora do aeroporto de Cabul. O número de vítimas não está claro neste momento. Forneceremos detalhes adicionais quando pudermos”, informou, no Twitter, o secretário de Imprensa do Pentágono, John Kirby.


Pessoas sendo socorridas logo após a explosão, nos arredores do aeroporto de Cabul. (Foto Reuters)

Sobre a explosão

De acordo com informações de três funcionários do governo dos EUA ouvidos pela CNN, a explosão teria ocorrido em um dos portões de acesso ao aeroporto e, aparentemente, teria se tratado de um ataque suicida.

Imagens desta quinta, antes da explosão, mostravam centenas de pessoas nos arredores do Aeroporto Internacional Hamid Karzai ainda tentando acessar o complexo para deixar o país.

Funcionários do governo dos EUA e de países aliados informaram nas últimas horas que tinham informações dos serviços de inteligência sobre ameaças de ataques contra o aeroporto da capital afegã.

Depois da explosão nos arredores do aeroporto, a embaixada dos EUA em Cabul emitiu um alerta recomendando que os cidadãos do país evitem se locomover em direção ao local do ataque.

“Houve uma grande explosão no aeroporto e há relatos de tiros”, disse o alerta de segurança. “Os cidadãos norte-americanos devem evitar viajar para o aeroporto e evitar os portões do aeroporto neste momento”. 

Reino Unido tenta confirmar gravidade da situação

O Ministério da Defesa da Grã-Bretanha disse que trabalha com urgência para apurar o que aconteceu no aeroporto de Cabul após os EUA relatarem a explosão.

“Estamos trabalhando com urgência para estabelecer o que aconteceu em Cabul e seu impacto no esforço de retirada de pessoas em andamento”, disse o ministério da Defesa no Twitter. 

“Nossa principal preocupação continua sendo a segurança de nosso pessoal, dos cidadãos britânicos e dos cidadãos do Afeganistão. Estamos em contato próximo com nossos aliados dos EUA e da [Organização do Tratado do Atlântico Norte] Otan em nível operacional na resposta imediata a este incidente”, continuou. 

Turquia fala em duas explosões

O ministro da Defesa da Turquia afirmou que foram registradas duas explosões separadas nos arredores do aeroporto de Cabul, nesta quinta.

De acordo com Hulusi Akar, nenhum soldado turco ficou ferido na ação. Uma fonte do governo da Alemanha ouvida pela agência Reuters também relatou que não há vítimas do país em decorrência da explosão.



Guia me

ÚLTIMOS POSTS