ateu se converte, renuncia a cargo em entidade e revolta ativistas

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

Um renomado ateu no Quênia renunciou a um cargo que ocupava em um órgão governamental dedicado à representação dos ateus no país e enfureceu os ativistas ao revelar o motivo: havia entregado sua vida a Jesus Cristo.

A renúncia de Seth Mahiga como Secretário de Ateus no Quênia foi anunciada no fim de semana após o próprio dizer que acredita no Filho de Deus, Jesus Cristo.

“O motivo da renúncia de Seth é que ele encontrou Jesus Cristo e não está mais interessado em promover o ateísmo no Quênia”, escreveu o presidente Harrison Mumia em um comunicado oficial publicado no Twitter.

Nos últimos 18 meses, Mahiga foi secretário do AIK, que é a primeira organização não-religiosa oficialmente registrada desse tipo no país. Dados demográficos do Quênia indicam que 85% da população se identifica como cristã.

O portal Eternity News informou que o objetivo da AIK é promover a prática de “exame aberto, racional e científico do universo e nosso lugar nele”, e “defender que a ética e a moralidade sejam baseadas em ideais e valores racionais e humanísticos”.

De acordo com AIK, “o ateísmo é, no sentido mais amplo, uma ausência de crença na existência de divindades”, ou ainda uma “rejeição da crença de que quaisquer divindades existem”. O texto da entidade ateísta diz ainda que essa filosofia é baseada na crença “de que não há divindades”.

À luz de tais objetivos e crenças declarados, Mahiga evidentemente achou seu papel insustentável. Mas a declaração do presidente Harrison Mumia sobre a renúncia de Mahiga foi interpretada como uma manifestação de apoio, já que o mandatário escreveu: “Seth tudo de bom em seu novo relacionamento com Jesus Cristo”.

Como o próprio Mahiga disse em um culto de sua igreja, transmitido pela Elevate TV Kenya e compartilhada no Facebook pelo AIK, ele estava passando por “dificuldades na vida” antes de decidir renunciar ao cargo de secretário.

O curto vídeo também mostra o pastor da congregação ao lado de Mahiga, pedindo aos fiéis que “deem seu louvor ao Senhor nesta casa, aleluia” antes de afirmar que “a Bíblia diz: ‘Todo joelho se dobrará’”.

Os comentários de ativistas ateus no vídeo publicado nas redes sociais, em sua maioria, foram agressivos: “Ele rachou, que desperdício de bom cérebro. tudo o que precisa é uma lavagem cerebral com mentiras que ele acreditará ser verdade. Ele não conseguiu lidar com a verdade, escreveu um usuário.

Outro especulou sobre interesse financeiro: “Quanto ele foi pago por esse golpe de relações públicas?”.

Em meio a tantos ataques, alguns cristãos se manifestaram encorajando o ex-ateu com palavras como “Jesus é o caminho, a verdade e a vida” e “uma decisão sábia”. Agora, os ativistas estão em busca de um novo representante.

Gospel Mais

ÚLTIMOS POSTS

Seu Você Oposto

Mateus foi um apóstolo, um autor de um dos evangelhos. Mas, antes que dele ser Mateus, ele foi Levi, um judeu que trabalhou para a

Leia Mais »