Atriz Meagan Good diz que ministrar em Hollywood é seu chamado e “maior alegria”

A atriz e cineasta Meagan Good revelou como Deus está usando seus talentos para envolver as pessoas em conversas sobre fé e ministrar àqueles que trabalham na indústria cinematográfica. Durante uma entrevista para o The Christian Post, ela também compartilhou uma oração que faz quando precisa de orientação divina. 

Meagan, que tem mais de 20 filmes de Hollywood em seu currículo, recentemente se juntou a outras atrizes famosas como embaixadora de celebridades para World Vision (Visão Mundial), uma organização sem fins lucrativos cristã que opera em quase 100 países em todo o mundo.

A WV projetou a pulseira “The Tie that Binds” (O laço que liga), que está entre os presentes disponíveis no catálogo anual onde itens selecionados são vendidos para ajudar pessoas necessitadas.

“Jesus é a razão para a temporada”, disse Meagan ao CP, detalhando o chamado de Deus em sua vida em Hollywood, onde ela compartilha sua fé com aqueles que podem não se sentir acolhidos pelos fiéis tradicionais.

Junto com seu trabalho humanitário, a atriz disse que usa sua plataforma no entretenimento convencional para ministrar aos não religiosos.

“Gosto do que faço para viver. Sinto-me muito feliz por poder fazer isso. Mas, no final do dia, a razão de eu estar aqui é para servir ao meu Senhor; para ser quem Ele me chamou seja, continuar descobrindo o que isso acarreta”, disse Good em entrevista à CP.

Natural de Los Angeles, que Meagan é casada com o cineasta e pregador DeVon Franklin, disse que não há paz maior do que saber que “você está alinhado”.

“Eu sinto que posso estar aqui no setor em que estou. A luz não pode iluminar a luz; a luz pode apenas iluminar as trevas. Portanto, sinto que Deus chamou todos nós para diferentes lugares e diferentes estações, e coisas diferentes por razões diferentes”, acrescentou ela.

Acordo com Deus

Meagan, que atua desde os 10 anos, disse que tudo mudou para ela aos 19.

“Eu estava naquela transição difícil de ator infantil para ator adulto e vendo todos ao meu redor trabalhando. Eu estava tipo, ‘Por que não estou trabalhando, Senhor? O que está acontecendo?’ Foi a primeira vez que orei e disse: ‘Espere um pouco, nem sequer perguntei se é isso que devo fazer. Nem mesmo perguntei se tenho a sua permissão. É isso o que você tem para a minha vida?’’”, contou Meagan.

“Essa foi a primeira vez que eu realmente coloquei no altar. Eu pensei, eu quero fazer isso. Mas eu quero o que Você quer para mim mais do que o que eu quero para mim”, disse ela a Deus.

A atriz também disse a Deus que estaria disposta a fazer qualquer coisa que Ele quisesse, apesar da dor que sentiria se tivesse que deixar de atuar.

“Foi a primeira vez que senti Deus dizendo: ‘Sim, é isso que você deve fazer. No entanto, não é sobre isso e não é sobre você. É sobre a plataforma que vou apresentar a você e é sobre você usá-la para Me glorificar e é sobre você andar em quem Eu te chamei para ser’”, testemunha Meagan, revelando que a jornada de fé dela tem sido “muito interessante”.

“Eu sei, como cristã, sou muito inovadora. E para alguns cristãos [eu] posso ser um pouco controversa”, disse ela ao CP. “O que tive de aprender ao longo dos anos é a maneira que Deus deseja usar-me, e é muito específica para mim, assim como é para todos nós como cristãos. É muito único, como Ele nos chamou – qualquer pacote, qualquer autenticidade, qualquer pensamento ou qualquer experiência ou seja o que for.”

Críticas

Ao longo dos anos, a atriz tem recebido críticas de alguns cristãos por causa das roupas provocantes que escolheu para vestir e dos papéis no cinema que concordou em interpretar. Durante uma aparição no programa de rádio de DL Hughley em 2019, a estrela de “Harlem” de 40 anos revelou que ela nem sempre vai à igreja por causa do que ela descreveu como sendo “agredida” por fiéis em resposta a algumas de suas escolhas de carreira.

Durante sua entrevista com ao CP, ela disse que “ainda está aprendendo” o que significa sua vocação em Hollywood e o tipo de mulher para quem ela deve testemunhar.

“Acho que muitas delas são como eu, que se sentiram menosprezadas, indignos ou não boas o suficiente – muitas vezes na arena da igreja também – e entendendo que essas pessoas são chamadas e qualificadas porque Deus diz que são. Não por causa do que as outras pessoas pensam ou sentem, ou entendem ou não entendem sobre elas”, observou.

Meagan enfatizou que, no final das contas, o ponto principal e o mais importante é: “O que Deus pensa sobre você e quem Deus o chamou para ser?”

“É interessante porque ainda estou abandonando isso em certas temporadas”, disse ela. “Estou constantemente nessa jornada e constantemente nessa caminhada, e é realmente interessante. Mas enquanto você ficar perto Dele, Ele vai te guiar. E isso, para mim, é usar o que Ele me deu”, ela continuou.

“Ele me permitiu ficar aqui”, declarou a atriz. “Há um milhão de garotas lindas e talentosas que são mais bonitas do que eu, mais talentosas do que eu, e Ele me permitiu estar aqui.”

A autora Wait então revelou ao CP uma das coisas pelas quais ela ora regularmente a Deus: “Como você quer que me usar Senhor? E o que devo fazer em cada estação? Como glorifico o Reino e como falo de você?”.

Terror

Meagan acrescentou que, mesmo enquanto estava no set de filmes de terror, pelos quais ela também foi julgada, ela se viu “tendo mais conversas sobre Deus nesses sets do que em qualquer outro”.

“Pessoas que não estavam dispostas a ouvir ou falar sobre [Deus] se sentem confortáveis ​​comigo porque eu trabalho o máximo que posso para não criticar e ter a mente aberta. Posso discordar de você ou não acreditar na mesma coisa que você, mas não faço as pessoas se sentirem mal ou desconfortáveis ​​com isso, nem tento desafiá-las ou brigar com elas por isso”, afirmou.

“Eu apenas tento me mover em amor completo e permitir que o Espírito me diga o que eu devo ou não dizer e tento não me mover por conta própria. E você encontra nessas arenas, para mim, eu tenho tantas pessoas voltando para mim e dizendo: ‘Você foi meu primeiro encontro com um cristão que me fez sentir confortável o suficiente para ficar curiosa sobre Deus'”, concluiu ela.

Meagan encerrou a entrevista compartilhando que sua “maior alegria” na vida é ser uma testemunha de Jesus no set.

Guia me

ÚLTIMOS POSTS