Bem-aventurados os pobres de espírito

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

Jesus abriu o maior sermão da História, o Sermão do Monte, com uma importante declaração sobre os pobres de espírito. O maior pregador de todos os tempos, nosso rei, profeta e sumo sacerdote, ensinou:

Bem-aventurados os pobres em espírito, pois deles é o Reino dos céus (Mateus 5:1).

Esse sermão é um dos primeiro ensino de Jesus, e fala da ética cristã, da soberania do seu reino e do valor de sua Igreja.

O Evangelho de Lucas também fornece uma versão um pouco mais resumida desse sermão. É provável que o texto registrado em Lucas se refira a uma outra ocasião do ministério de Jesus. Lucas nos informa que o sermão foi pronunciado numa planície, enquanto Mateus disse que foi num monte.

O pastor William Hendriksen sugere que o monte referido estava nas vizinhanças de Cafarnaum, com aproximadamente 6,5 km a oeste do Mar da Galileia. Num determinado dia, Jesus saiu para o monte para orar. Ali Ele passou a noite falando com o Pai (Lucas 6:12).

Certamente esse sermão foi declarado na primavera do ano 28, após Jesus ter passado uma noite em oração. A oração foi seguida pela escolha dos doze apóstolos. Jesus, nesse sermão, pregou sobre a verdadeira felicidade do cristianismo.

Tudo não passa de vaidade

Salomão buscou felicidade nas coisas terrenas e viu que era tudo vaidade:

Pensei comigo mesmo: Vamos. Vou experimentar a alegria. Descubra as coisas boas da vida! Mas isso também se revelou inútil (Eclesiastes 2:1).

O Pastor John Piper uma vez disse que o problema não é a busca do prazer, mas o contentamento com o prazer terreno, carnal, raso e passageiro.

Bem-aventurado os pobres de espírito

Em Jesus encontramos uma felicidade que o mundo não conhece. Deus nos criou para o prazer, porém não é o prazer mundano e superficial, mas o verdadeiro prazer que esta em Cristo. As pessoas buscam prazer em muitas coisas menos em Deus. O cristão verdadeiro, em tudo o que faz, deve buscar somente as coisas de Deus.

O que é ser pobre de espírito?

  1. Jesus disse que bem-aventurado é o pobre de espírito é não a pessoa autossuficiente e soberba. A verdadeira alegria não esta nas coisas externa, mas nas coisas internas.
  2. Ser uma pessoa pobre de espírito é reconhecer nossa miséria diante de Deus. Devemos despir do velho homem que é Adão, e se vestir do novo homem que é Jesus.
  3. Ser uma cristão pobre de espírito é agir como o coletor da parábola que Jesus contou em Lucas 14.9, onde ele disse: “Senhor compadece-te de mim, que sou  pecador”.

Veja também:

Esboço de Pregação

ÚLTIMOS POSTS

0
Adoraria sua opinião, por favor, comente.x
()
x