Bolsonaro, Russomanno e Covas irão a aniversário de José Wellington

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

Um culto de ação de graças pelo aniversário do pastor José Wellington Bezerra da Costa, em São Paulo, reunirá o presidente Jair Bolsonaro e os dois candidatos à prefeitura de São Paulo mais bem colocados nas pesquisas: Celso Russomanno (Republicanos) e Bruno Covas (PSDB). O evento acontece nesta segunda-feira, 05 de outubro.

A presença dos dois principais concorrentes ao cargo no evento realizado pela Assembleia de Deus Ministério do Belém reforça a avaliação de que o eleitorado evangélico será decisivo nestas eleições, o que tem forçado os candidatos a buscarem uma aproximação com as igrejas.

Russomanno conta com apoio maciço da Igreja Universal do Reino de Deus e lidera as pesquisas com 25,6% das intenções de voto, conforme levantamento do instituto Paraná Pesquisas. Bruno Covas, candidato à reeleição, está em segundo lugar com 21,5%.

De acordo com informações do jornal Valor, a presença de um terceiro candidato está confirmada: Andrea Matarazzo (PSD), que tem como candidata a vice-prefeita a deputada estadual Marta Costa (PSD), filha do pastor José Wellington Bezerra da Costa. Essa chapa tem 2,6% das intenções de voto para comandar a cidade pelos próximos quatro anos.

Bolsonaro, que não declarou abertamente seu apoio a Russomanno, deverá comparecer ao evento. O presidente antecipou que, eventualmente no segundo turno, poderá pedir votos pelo seu escolhido em algumas regiões do país, o que inclui a candidatura do deputado federal.

Esse será o primeiro evento em uma igreja que Bolsonaro irá participar desde que escolheu indicar o desembargador Kassio Nunes Marques, do TRF-1, para a vaga de Celso de Mello no Supremo Tribunal Federal (STF). A escolha desagradou lideranças evangélicas por conta da ligação do juiz no passado com políticos de esquerda.

Um dos principais apoiadores do governo Bolsonaro, pastor Silas Malafaia – que não integra a CGADB – criticou o presidente abertamente pela escolha, por considerar que o indicado não representa o conservadorismo ou o pensamento político de direita. O mandatário reagiu afirmando que as críticas são “covardes” por serem baseadas em informações distorcidas

Pastor José Wellington

O aniversariante comanda o Ministério do Belém, a maior ramificação da Assembleia de Deus, há décadas. Ele foi presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB) por 26 anos e ao sair em 2017, elegeu seu filho, José Wellington Junior.

A nova eleição da maior convenção nacional das Assembleias de Deus no Brasil em 2021 deverá reconduzir Wellington Junior ao posto por aclamação, visto que sua chapa foi a única a ser registrada para o pleito na Comissão Eleitoral da CGADB.

A CGADB é responsável pela gestão da Casa Publicadora das Assembleias de Deus (CPAD), além do patrimônio que inclui uma fundação educacional, hospitais e creches. Ao todo, a denominação tem mais de 12 milhões de fiéis em todo o país.

Infográfico com os números do levantamento do instituto Paraná Pesquisas



Gospel Mais

ÚLTIMOS POSTS

0
Adoraria sua opinião, por favor, comente.x
()
x