‘Coisas acontecem através de Deus’, diz Trump sobre eleições em 2024

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

O ex-presidente Donald Trump, que continua ativo politicamente nos Estados Unidos, afirmou que se sente bem de saúde e aberto à possibilidade de se candidatar à Casa Branca em 2024.

Durante uma entrevista à emissora Christian Broadcasting Network (CBN News), Trump afirmou que não entende como ainda há católicos que apoiem o presidente Joe Biden, visto que o atual mandatário tem colocado em prática medidas pró-aborto, dentre outras.

“Se você olhar para as políticas dele, e se você olhar para o que ele está fazendo com a religião, e religião organizada, se você olhar para o que está acontecendo, eu não sei como a Igreja Católica pode apoiá-lo”, disse ele ao entrevistador.

Sem falar abertamente sobre seu posicionamento a respeito das eleições daqui a três anos, o ex-presidente tem percorrido diversos estados do país, realizando palestras e concedendo entrevistas, para manifestar sua oposição às decisões de Joe Biden.

Questionado sobre algum tipo de impedimento que o faria desistir de disputar a Casa Branca novamente, Donald Trump afirmou que apenas questões médicas poderiam aposenta-lo de vez.

“Uma ligação ruim de um médico. Você recebe aquela ligação e [alguém] diz ‘Senhor, como vai? Venha aqui nos ver porque recebemos um relatório ruim, certo?’… Então as coisas acontecem por meio de Deus, acontecem, mas eu me sinto tão bem e eu odeio o que está acontecendo com nosso país”, declarou Trump.

Desde as eleições presidenciais em 2020, diversos estados no país aprimoraram suas legislações eleitorais para corrigir ou prevenir fraudes nos próximos pleitos, visto que embora a Suprema Corte tenha rejeitado abrir qualquer investigação, muitos condados têm conduzido suas próprias auditorias e encontrado falhas que podem ter interferido nos resultados.

Recentemente, uma auditoria no estado do Arizona “mostrou ‘23.344 cédulas de correio de pessoas que não moram mais naquele endereço; 17.322 cédulas duplicadas, que aumentaram após a eleição; 2.383 eleitores que votaram pessoalmente, mas se mudaram de Condado de Maricopa; 2.081 eleitores que se mudaram do estado’”.

Segundo informações do portal Charisma News, “a contagem oficial registra que o presidente Joe Biden venceu o estado do Arizona por 10.457 votos”.

Gospel Mais

ÚLTIMOS POSTS