Discipulado Bíblico – Verbo da Vida

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

por Paulo Aguiar (Porto Alegre-RS)
*Pastor Presidente do Verbo da Vida

Estamos constantemente avançando e amadurecendo em diversas áreas da vida e, assim como os discípulos, eles percebiam que seguir a Cristo os tornavam cada vez melhores. 

Nem sempre os discípulos sabiam tudo o que Jesus ensinava e, entre eles, comentavam sobre as palavras de Jesus. Em uma das ocasiões achavam o seu discurso duro, mas a resposta de Pedro foi gloriosa: “Senhor, para quem iremos”? Essa pergunta demonstrou que eles não tinham um plano B, se não fosse para seguir Jesus, eles seguiriam a quem? Somente Jesus tem as palavras de vida eterna e eles reconheciam que estavam provando disso, dessa transformação enquanto andavam com Ele.

No contexto da igreja, muitos, mesmo sendo maduros estão buscando respostas em outros lugares, se envolvendo em um espírito de engano. Por que isso tem acontecido? As estratégias e ferramentas naturais não devem ser demonizadas, entretanto, não são parte do alvo em busca do verdadeiro propósito. Dá para perceber que tem algo errado com um crente e tenta buscar algo fora da Palavra.

Por que Jesus não está sendo suficiente para algumas pessoas?
O que está acontecendo?

Alguns estão se expondo perigosamente a outras influências demoníacas e, por isso, acabam substituindo o que somente Jesus pode fazer por outras coisas que são passageiras. Nenhum filho de Deus deve se expor a perigos desnecessários. Como pastores, é importante pensar sobre o discipulado bíblico e como isso tem acontecido na igreja, ao ponto de muitas vezes deixar lacunas para que pessoas, mesmo maduras, se vêm buscando respostas lá fora.

Pensando sobre este tema, é possível perceber que muitos colocam o foco e a força somente nos cultos e eventos de uma maneira desproporcional. A unção coletiva é maravilhosa e tão importante, mas o mesmo esforço, muitas vezes é deixado de lado quanto ao estar em contato individual, conversando com as pessoas com uma atenção e cuidado maior.

Sabe porque as pessoas maduras na fé tem buscado lá fora? Porque elas são ouvidas, são tratadas em áreas específicas e não tratadas como um coletivo, mas individualmente. A Palavra de Deus, o contato com as pessoas deve ultrapassar qualquer ferramenta humana que se possa utilizar. A Palavra não foi dada apenas para ser usada em eventos. Ela tem potencial de ir muito além. O culto é essencial, mas não é tudo. Cultos e eventos não substituem o relacionamento.


“Usar a Palavra apenas nos púlpitos é desconsiderar seu potencial”.

Púlpito não substitui relacionamento. Fazer discípulo não é apenas promover a salvação, mas cooperar para o amadurecimento das pessoas, acompanhando-as no processo para que sejam amadurecidas e cheguem ao pleno conhecimento da verdade. Não se trata apenas do evento em si, mas do processo e dos frutos que as pessoas estão experimentando em suas próprias vidas. Discipulado é andar junto, é vida na vida.

Jesus não disse: “Venha para os meus eventos, assistam minhas aulas”, Ele disse: “Ande comigo” e, consequentemente, as pessoas queriam estar perto e estavam juntas, indo por onde Jesus passava. As pregações podem ser esquecidas, mas o que marca é um momento, uma história, uma vida com alguém. Há três conselhos importantes que todo ministro deve levar para sua vida:

1. Não tenha sua vida como preciosa para você mesmo e sim para servir outros. Não considere sua própria vida como preciosa para si mesmo e sim para o outro. A vida de todos teve um preço: o sangue do cordeiro! E como você irá “gastar sua vida”?

2. Seja guiado para frutificar. Se Jesus se dedicou intensamente a 12 discípulos, porque muitos acham que vão dar conta de 200 pessoas? Busque a direção de Deus para saber quem são aqueles que Deus deseja que você como pastor toque de forma mais intensa. 

3. Existe graça na obediência e todo o trabalho não é vão, não tem que ser pesado. Ministério é alegre, leve, mesmo em situações não tão boas. Ainda que tenha que gastar a vida, vai ser leve e Deus irá equipar a todos com sabedoria e com aquilo que cada um precisa.

*Trechos da mensagem na Conferência de Ministros no Sul em setembro de 2021.

Fonte:Verbo da Vida

ÚLTIMOS POSTS