Dons do Senhor Que Ascendeu

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

Texto: Efésios 4:4-16

Introdução: Em
Efésios 4:4-6, ênfase é dada aos grandes fatos fundamentais da fé cristã, que
são ao mesmo tempo suas características unificadoras. Nos versículos 7 – 16, o
apóstolo escreve sobre a diversidade de dons que caracterizam aqueles que são
membros do Corpo de Cristo, a Igreja. Esse é um tema intrigante, e precisamos
também nos referir a outras três passagens do Novo Testamento que tratam do
assunto dos dons espirituais – observe Romanos 12:3-8; 1 Coríntios 12:4-11 (de
fato, capítulos 12, 13 e 14); e 1 Pedro 4:10-11. Vamos limitar nosso estudo ao
ensino incorporado em Efésios 4:4-16 e observe o seguinte:

1. O Doador Dos Dons.

Isso é mencionado nos versículos 7, 8 e 11, onde nos dizem
que o próprio Cristo dá dons espirituais aos membros de Sua Igreja; mas observe
especialmente o versículo 8, que é uma citação do Salmo 68:18. O Senhor Jesus
desceu à morte, ressuscitou e depois subiu ao céu. 

Quando Ele ascendeu, tendo
conquistado o pecado, a morte e o Inferno, Ele “levou os cativos” – (estes eram
os santos do Antigo Testamento que até a Ascensão habitavam no Paraíso), e
então recebeu dons do Pai para que Ele pode conceder esses dons à Igreja. Mas a
quem Ele dá esses dons?

2. Os Destinatários
Dos Dons.

Os dons espirituais são apenas para alguns membros do Corpo,
a Igreja? – observe o versículo 7 e sublinhe as palavras “a cada um de nós”. Isso se refere a todo crente
verdadeiro. Todo cristão, sem exceção, recebeu algum dom do Senhor ressuscitado
e exaltado – veja Romanos 12:4, onde nos diz que todos temos alguma
“função”; também 1 Coríntios 12:4-5 e 1 Pedro 4:10.

É errado qualquer cristão dizer: “Não há nada que eu
possa fazer” ou “Meus dias de serviço terminaram agora!” Mas
observe este fato maravilhoso: a todo cristão foi dada graça como Cristo a
repartiu (versículo 7). Veja bem, a natureza do dom determina a medida da graça
que é fornecida para que possamos exercitá-lo. A graça é dada ao pregador para
pregar, ao orador para orar, ao professor para ensinar, ao ajudante para ajudar
(1 Coríntios 12: 28), e assim por diante! Mas todos têm os mesmos dons?

3. A Diversidade Dos
Dons

Veja o versículo 11. Aqui Paulo menciona cinco dons
especiais que o Senhor deu à Sua Igreja (ou cinco tipos de homens a quem são
dados esses dons especiais):

A. Apóstolos e
profetas
foram dados com o propósito de lançar os fundamentos da Igreja,
como Efésios 2:20 nos diz.

B. Evangelistas: O
ministério de um evangelista é especialmente direcionado aos não convertidos – observe
2 Timóteo 4:5.

C. Pastores: A
palavra significa “pastores” – compare João 21:15-17 e Atos 20:28.
Este é um ministério de carinho para as ovelhas no rebanho de Cristo.

D. Mestres: O
trabalho do mestre é instruir a Igreja nas coisas de Deus, dar leite aos bebês
(1 Pedro 2:2) e carne aos mais maduros (Hebreus 5:14), para que haja crescimento
e estabilidade.

4. O Objetivo Dos
Dons.

Nos versículos 12 e 14, somos informados de um propósito
triplo que o Senhor tem em dar esses dons à Sua Igreja.

A. Para nos preparar
para o Serviço.
É isso que o versículo 12 nos diz. O significado é o
seguinte: O Senhor deu evangelistas, pastores, mestres, etc … “para
preparar o povo de Deus para as obras de serviço”. Os evangelistas,
pastores e mestres não devem fazer todo o ministério, mas sua principal tarefa
é fazer com que os santos funcionem ativamente como membros do Corpo.

B. Para nos ajudar a
crescer.
O versículo 12 continua dizendo: “para que o corpo de Cristo seja
edificado” Deus não quer que permanecemos espiritualmente bebês (1 Coríntios 3:1-3),
mas Ele quer que cresçamos (2 Pedro 3:18); portanto, Ele deu dons à Igreja,
para que os membros cresçam – veja o versículo 15!

C. Para nos proteger
de danos.
O inimigo está sempre pronto para enganar até mesmo os “eleitos”
(Mateus 24:24), e para que possamos ser protegidos contra seus “falsos
profetas” (Marcos 13:22) e suas “heresias destrutivas” (2 Pedro 2:1), o Senhor
colocou mestres na Igreja para que possamos ser instruídos na verdade e saber
como detectar as falsificações e mentiras mortais do Diabo! O propósito final
que o Senhor tem em dar dons à Sua Igreja é indicado no versículo 13 – que
também nos diz sobre:

5. A Duração Dos Dons.

Por quanto tempo os dons serão necessários na Igreja?
Somente até o versículo 13! Quando estivermos com Cristo, que é a Cabeça do
Corpo, a Igreja, Ele será “tudo em todos” (Efésios 1:23), e não
haverá espaço para, ou necessidade de, dons! Ele será TUDO!

Fonte: Esboçosermão

ÚLTIMOS POSTS

0
Adoraria sua opinião, por favor, comente.x
()
x