Esposa perdoa marido viciado em pornografia: ‘Obediência a Deus’

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

A pornografia era um veneno com potencial para corroer a família de um homem que lutava contra o vício nos vídeos de sexo promíscuo e terminou cometendo um adultério, mas foi libertado após se arrepender e confessar seu pecado à esposa.

O relato feito por Dave Wilson foi feito ao programa The 700 Club, mantido pela emissora cristã CBN News. A esposa de Dave, Meg, não o perdoou facilmente. Inicialmente ela queria ir embora, mas Deus surpreendentemente providenciou Sua graça para que ela conseguisse perdoar seu marido.

O envolvimento de Dave com a pornografia começou ainda na infância, quando teve contato com material explícito de maneira acidental. Na vida adulta, ele foi abençoado com uma esposa e filhos, além de um bom emprego na área de vendas.

Ele contou que, no fundo, ele se sentia sozinho porque estava lidando com fraquezas que ninguém tinha conhecimento. Embora fosse cristão, ele não tinha forças e sentia vergonha de contar a alguém sobre sua luta.

“Na minha perspectiva, nosso casamento era normal. Tínhamos dificuldades, desafios e tentávamos melhorar”, disse sua esposa na entrevista.

Reviravoltas

Certo dia, um líder de sua igreja abriu mão do cargo no ministério por causa de um vício sexual. Essa postura encorajou Dave a se abrir para sua esposa: “Eu fiz o que deveria fazer como uma boa esposa cristã. Eu o perdoei e nós seguimos em frente”, relembrou Meg.

Dave então se juntou a um grupo de homens que tinham lutas semelhantes em sua igreja, enquanto sua esposa se empenhava na oração para que o marido fosse liberto. Com o passar do tempo, ela pensou que seus problemas estavam resolvidos, mas havia novas batalhas sendo travadas.

“Houve várias vezes em que eu confessei para a Meg, mas sempre havia coisas que eu omitia. E toda vez que eu fazia isso, o vício crescia em intensidade”, lamentou Dave.

Em março de 2001, durante uma viagem a trabalho, ele foi além da pornografia: “Eu liguei para uma prostituta”, admitiu, acrescentando que depois de trair sua esposa, foi tomado pelo desespero e clamou a Deus por perdão.

“Deus disse: ‘Dave, está na hora’. Você precisa confessar tudo à Meg e se você não parar o que você está fazendo, você vai morrer. Eu senti Deus virar o rosto de mim e senti uma solidão que nunca senti antes”, relembrou.

A angústia era tamanha que ele voltou de viagem antes do previsto, chamou a esposa para uma conversa e confessou seus pecados. A reação da esposa não foi tranquila: “Minha carne queria correr, queria ir embora e encontrar uma forma de fazer aquele nível de dor parar”, disse Meg.

“Eu orei e perguntei para Deus ‘por que?’ Ele disse: ‘Se você não estender minha graça para ele, ele nunca vai conhecê-la’”, descreveu a esposa, que disse ter sentido em encorajamento espiritual incomum, possibilitando que ela colocasse seu braço sobre Dave e o acolhesse.

“Fui obediente ao chamado de Deus para agir com graça e acredito que isso começou o processo de perdão”, declarou a esposa.

“Eu realmente acredito que eu fui salvo naquele momento”, contou Dave, descrevendo o momento de quebrantamento.

A jornada de restauração do casamento foi longa, e desde 2009 Dave está livre do vício em pornografia: “Eu sei que não sou sem valor por causa do que Deus fez na minha recuperação, mas principalmente no meu casamento”, encerrou.

Gospel Mais

ÚLTIMOS POSTS