“Esta não é a sua vida”

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

O testemunho de Carla Pratico se confunde com o de milhões de jovens pelo mundo, os quais buscam nos bares da vida algo que possa preencher a necessidade de sentido, motivação e alegria, mas sem nunca encontrar algo definitivo.

Carla, que vive em Nova York, nos Estados Unidos, contou que desenvolveu um estilo de vida comum para muitos, que é o hábito de frequentar baladas em bares e boates. O consumo exagerado de álcool passou a ser rotina para ela.

Por várias noites da semana Carla ficava embriagada. Se reunir com os “amigos” de balada era algo esperado ansiosamente, pois a noitada lhe proporcionava a sensação de afeto e companhia, algo que ela não sentia em seu estado normal.

Nessa mesma linha, relações sexuais sem qualquer compromisso também se tornaram comuns. Carla buscou no prazer da carne satisfazer o que só a vida espiritual com Deus poderia lhe dar, o que lhe trouxe sofrimento e muitas decepções.

“Eu estava realmente tentando me convencer de que era digna de ser amada”, disse Carla ao programa 700 Club Interactive, da CBN News. “Se alguém me levasse para casa, então seria porque eu era amada. Aí você acorda de manhã e eles nem se lembram do seu nome”.

A voz de Deus

Em uma noite de comemoração pelo seu aniversário, no entanto, a vida de Carla mudou radicalmente. Ela, como de costume, foi comemorar seus 23 anos em um bar, mas apenas um dos seus amigos apareceram.

Em dado momento, sozinha no bar, ela ouviu uma voz: “Esta não é a sua vida”. Carla percebeu que aquilo não era fruto da sua embriagues, mas de algo espiritual. Era Deus buscando demonstrar o seu amor no meio do caos em que ela vivia.

“Assim que ouvi essas palavras, soube que eram verdadeiras. Foi como se alguém tivesse acendido as luzes do bar para mim”, disse ela. Depois disso, Carla foi ajudada por um casal a pegar um taxi para ir em bora.

Ela contou que até mesmo dentro do taxi Deus passou a falar com ela, pois uma mulher que estava no banco da frente começou a lhe evangelizar. Depois daquela noite Carla resolveu buscar uma igreja evangélica e entregar a sua vida para Cristo, segundo a God Tv.

“Deus nunca me pediu para merecer o amor Dele. Nunca se tratou de fazer, nem de acertar. Quando realmente cremos e sabemos que somos amados, e que fomos criados e projetados para ser o objeto da afeição de Deus, você começa a fazer as coisas que se alinham com o Seu coração”, conclui a jovem.



Gospel Mais

ÚLTIMOS POSTS

0
Adoraria sua opinião, por favor, comente.x
()
x