‘Estamos muito próximos do arrebatamento da igreja’, diz Lamartine Posella

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

O Pr. Lamartine Posella fez uma live para tentar responder a duas principais perguntas que rondam os pensamentos dos cristãos acerca do “momento na história em que nós estamos vivendo do ponto de vista Profético”.

As duas questões colocadas pelo líder da Igreja YAH Church são: Como será o início da a Grande Tribulação e o fim dos tempos? O arrebatamento será antes ou depois da Grande Tribulação?

Com base em Apocalipse no capítulo 5, Posella começa dizendo sobre o livro na mão direita visto por João. O pastor explica que a mão simboliza o poder, aquele que tem toda autoridade nos céus e na terra e o livro representa um título de propriedade da terra. “Cada um desses selos ao ser quebrado vai revelar um tipo de juízo que vai ser descortinado na história dos homens. Ou seja, no início da grande tribulação”, diz.

O pastor diz que Deus iria revelar para João o conteúdo daquele livro que é o título de propriedade terra. “Não se esqueça que a Bíblia diz que os céus são do Senhor, mas a terra ele deu aos filhos dos homens. Deus passou para Adão esse título de propriedade e Adão, por ter pecado, passou para Satanás. Agora está chegando a hora de Deus a tomar de volta”, explicou.

Juízos de Deus

O pastor disse que isso acontecerá através dos juízos de Deus. Mas para abrir era necessário alguém que fosse “digno de abrir o livro e desatar os selos”. Segundo Posella, era necessário saber quem seria digno de determinar o que iria acontecer na história dos homens. João diz que “ninguém foi achado digno de abrir o livro nem mesmo de olhar para ele”.

No entanto, um dos anciãos revela “o leão da tribo de Judá, a raiz de Davi, venceu para abrir o livro e os seus sete selos”.

“Na primeira vinda Jesus veio para morrer, mas na sua segunda vinda ele virá para reinar, e o leão é o símbolo do rei”, diz o pastor. “Ele é digno para abrir o livro, para tomar aquela escritura de propriedade da terra, tomar das mãos de satanás e começar o seu reino sobre a terra que será eterno”, diz.

Ele explica que a Terra que deveria ser dominada, cultivada e protegida se tornou uma terra cheia de maldições por causa da rebelião do homem.

Para ele, agora é a última oportunidade que os homens vão ter de crer e de se entregar a Cristo ou de rebelar-se, mais uma vez, debaixo de satanás.

Posella diz que não é preciso ter medo do que vai acontecer porque aqueles que são de Deus, Ele os protege. “Nós vamos governar este mundo juntamente com Jesus, seremos um reino sacerdotal, onde todos serão abençoados e a bênção de Deus será multiplicada”, diz.

Grande tribulação

Mas antes que isso aconteça, o pastor diz que tem que vir o tempo da grande tribulação quando Jesus vai extirpar da terra toda a oposição de satanás.

“Deus é amor, mas Deus é justiça. Durante dois mil anos o mundo tem ouvido falar de Cristo como o caminho para salvação e o tem rejeitado. Vivemos num tempo em que muitas coisas ruins estão acontecendo. Nós estamos muito próximos do arrebatamento da igreja, porque este tempo que virar um tempo de juízo, um tempo da ira do Cordeiro, daquele que está assentado sobre o trono, é o tempo para o qual nós não fomos destinados”, diz.

“Estamos vivendo neste tempo que antecede a grande tribulação, mas antes de a grande tribulação acontecer não é um caos simplesmente é uma série de ações coordenadas, pré-determinadas escritas no livro que já está que já foi visto por João”, declara.

 O pastor diz que nada do que acontece na história é aleatório e tudo que acontece está debaixo da supervisão de Deus. “Deus permite que essas coisas aconteçam hoje porque Deus deu autoridade para Adão e Adão a transferiu para satanás. Mas isso terá um fim, tem hora para acabar, tem prazo de validade”, afirma.

“Está chegando a hora em que a palavra de Deus vai se cumprir, a igreja vai ser arrebatada, o Senhor vai ser apresentado na sala do trono, vai tomar o livro, vai abrir os seus selos, e vai começar a grande tribulação. Por isso, o nosso papel como igreja é tocar trombeta, é falar a palavra de Deus e serem advertidos do tempo que virá. Não temos mais tempo de brincar de ficar falando do Evangelho como se fosse simplesmente um meio de tornar a tua vida melhor. “Não, o Evangelho é o Reino de Deus. Jesus nos ensinou a orar: Pais, venha o teu reino seja feita a tua vontade na terra como é feita no céu. Isto será feito através do Senhor Jesus e dos seus servos”.

“Somos sacerdotes, nos dias de hoje, pregando a palavra, libertando os cativos por anos oprimidos, levando a palavra de esperança para aqueles que não têm”, alerta.

 



Fonte: Guia-me

ÚLTIMOS POSTS

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x