‘Fiquem longe dos nossos filhos’

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

Uma notícia veiculada pela CNN sobre o ensino a respeito da “diversidade” no contexto progressista a crianças foi comentada pelo pastor Anderson Silva, que rejeitou a ideia da doutrinação infantil nas pautas LGBT.

A empresa de pesquisas Pearson, dedicada a assuntos envolvendo aprendizagem, publicou relatório indicando que 76% dos entrevistados brasileiros entendem que crianças devem aprender sobre temas LGBT, descritos pelos termos “diversidade, equidade e inclusão” durante a pré-escola.

Segundo informações da CNN, a pesquisa no Brasil contou com suporte da Morning Consult e teria ouvido 5.500 pessoas com idades entre 16 e 70 anos, por meio de entrevistas online, entre os dias 27 de maio e 10 de junho.

“Os resultados são representativos da população com acesso à internet em cada país, com margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos”, noticiou a emissora de TV.

O pastor Anderson Silva usou sua conta no Instagram para expressar seu posicionamento contrário e também questionar a credibilidade do levantamento realizado pelas empresas estrangeiras.

“Eu não quero. A nação tem mais de 210 milhões de brasileiros. Uma pesquizinha [sic] com 5000 pessoas e a CNN Brasil faz uma matéria: ‘76% dos Brasileiros querem ensino de teoria queer na pré escola’. São comediantes! Fiquem longe dos nossos filhos!”, protestou o pastor.

Gospel Mais

ÚLTIMOS POSTS