Governo de Rondônia proíbe linguagem neutra nas escolas

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

Sala de aula com frase de linguagem neutra escrita no quadro (Foto: Montagem/FolhaGospel)

A chamada linguagem neutra agora está proibida de ser utilizada nas escolas públicas e particulares de Rondônia. O governo estadual sancionou uma lei que trata sobre a medida.

A lei n° 5.123 foi publicada no Diário Oficial na terça-feira (19) e já está valendo em todo o estado. De acordo com o texto, fica “expressamente proibida a linguagem neutra na grade curricular e no material didático de instituições de ensino públicas ou privadas, assim como em editais de concursos públicos”.

A utilização de expressões vocais sem gênero, como “menine”, em vez de “menino” ou “menina”, é uma pauta defendida pela comunidade LGBTQUIA+, mas que sofre resistência de conservadores. O tema é discutido no Congresso Nacional desde o ano de 2020.

De acordo com a lei sancionada, instituições de ensino e professores que não obedecerem à proibição poderão sofrer punições.

De acordo com o governo estadual, a medida tem por objetivo estabelecer “medidas protetivas ao direito dos estudantes ao aprendizado da língua portuguesa de acordo com a norma culta”.

Fonte: Pleno News


if (d.getElementById(id)) return;

js = d.createElement(s); js.id = id;

js.src="https://connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.11&appId=264312870658742&autoLogAppEvents=1";

fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);

}(document, 'script', 'facebook-jssdk'));

Folha Gospel

ÚLTIMOS POSTS