Homem deixa £ 100.000 em seu testamento para formar pastores na China

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

Um homem do condado de Wiltshire, na Inglaterra, deixou £ 100 mil (equivalente a quase R$ 700 mil) em seu testamento para um projeto da Sociedade Bíblica Internacional que treina e forma pastores na China. 

Ian morreu no início de 2020 e surpreendeu com sua doação generosa, que vai financiar bolsas de estudos para 30 alunos do seminário bíblico no país comunista. Ao se formarem, os estudantes se tornam pastores e cada um deles cuidará e discipulará cerca de 800 cristãos chineses.

“Embora Ian tenha ido para a glória, o impacto de sua generosidade será sentido na China por muitas gerações”, afirmou a Sociedade Bíblica Internacional. 

Escassez de pastores na China

De acordo com a Sociedade Bíblica Internacional, a China enfrenta uma grande escassez de pastores com um líder estimado para cada 6.700 cristãos. E o cristianismo não para de crescer na China, apesar da perseguição comunista, a cada ano são cerca de um milhão de novos convertidos.

A falta de liderança significa que muitos cristãos têm pouca ou nenhuma orientação ou cuidado pastoral, o que torna alguns vulneráveis a abandonar ou a tropeçar na fé. 

Graças a doação de Ian, mais pastores entrarão no campo de pastoreio da China.



Guia me

ÚLTIMOS POSTS