Igreja evangélica é incendiada e bombeiros são baleados após apagar chamas, no Chile

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

Uma igreja evangélica, que também serve como casa pastoral no Chile, foi incendiada na quinta-feira passada (22). Membros do Corpo de Bombeiros que tentavam apagar as chamas também foram atacados.

A Igreja Metodista em Las Cardas, na comuna de Victoria, foi incendiada por volta das 23 horas (horário local). Depois que o Corpo de Bombeiros conteve as chamas, seu caminhão foi atacado com tiros e pedras por desconhecidos que fugiram.

O comandante do Corpo de Bombeiros de Victoria, Álvaro León, disse ao jornal chileno Araucanía Diario que o crime ocorreu quando eles voltavam do incêndio.

Um bombeiro foi baleado uma das mãos e ferido com vidro em um dos olhos. Ele recebeu atendimento médico e passa bem.

A Igreja Metodista é localizada a apenas 50 metros de outra igreja, a Comunidade Católica Pailahueque, que foi alvo de incêndio criminoso em 11 de abril. Dentro da paróquia há também uma escola, que foi totalmente destruída pelas chamas.


Bombeiros foram atacados a tiros e pedras por desconhecidos. (Foto: Reprodução/BioBioChile)

O chefe da Polícia de Araucanía, o general César Bobadilla, repudiou os atos de violência ocorridos nos últimos dias na região.

“Ninguém pode pensar que queimando igrejas, escolas, agredindo civis inocentes, pode encontrar a solução para seus problemas”, disse Bobadilla, reiterando que estes são atos violentos e covardes.

Ele também lamentou o incêndio à igreja e o atentado contra os bombeiros que voltavam do trabalho. “Quando o carro-tanque da 3ª Brigada de Incêndio de Victoria voltava ao seu quartel, ele foi covardemente atacado com tiros contra o caminhão e as pessoas. Eu insisto, é um ato repreensível e condenável, que deixou um ferido”.



Guia me

ÚLTIMOS POSTS

Seu Você Oposto

Mateus foi um apóstolo, um autor de um dos evangelhos. Mas, antes que dele ser Mateus, ele foi Levi, um judeu que trabalhou para a

Leia Mais »