Israel invade Gaza para interromper lançamento de foguetes do Hamas

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

A paciência de Israel com os ataques feitos pelo Hamas parece ter chegado ao fim, e o país lançou uma incursão terrestre para invadir a área controlada pelo grupo, a Faixa de Gaza. A decisão foi tomada após uma série de foguetes serem lançados contra os israelenses na quinta-feira, 13 de maio.

Um total de 100 foguetes foram lançados ao longo da quinta-feira, e por volta da meia-noite no horário local, as forças do Exército de Israel entraram no território de Gaza por terra, numa investida para encontrar os terroristas e fazer cessar o lançamento de foguetes.

De acordo com informações do Jornal da Record, “tropas israelenses passaram pela fronteira terrestre”, e nas horas seguintes, “bombas e mísseis também foram vistos no céu do território palestino”.

As Forças de Defesa de Israel (FDI) mantiveram as sirenes de alerta e determinaram que todos os que vivem em um raio de quatro quilômetros da fronteira com Gaza entrem em abrigos, como medida preventiva às retaliações do Hamas.

A FDI confirmou que matou 16 líderes do Hamas, enquanto as autoridades de Saúde de Gaza, comandadas também pelo Hamas, informaram que 87 pessoas foram mortas desde o início dos combates, incluindo 18 crianças. Mais de 530 ficaram feridos até a última quinta-feira.

Conforme o portal The Christian Post, o domo de aço de Israel – sistema de defesa antiaérea do país – interceptou muitos dos ataques com foguetes vindos da Faixa de Gaza. Ainda assim, os ataques do Hamas contra Israel central e do sul causaram a morte de pelo menos sete israelenses.

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, escreveu no Twitter na quinta-feira que a FDI atacou centenas de alvos e em breve ultrapassará 1.000 alvos do Hamas: “Continuamos a atacar o Hamas enquanto defendemos nossos cidadãos. Levará tempo, mas com grande determinação, tanto defensiva quanto ofensivamente, alcançaremos nosso objetivo – restaurar a tranquilidade do Estado de Israel”.

Assine o Canal

Gospel Mais

ÚLTIMOS POSTS

Seu Você Oposto

Mateus foi um apóstolo, um autor de um dos evangelhos. Mas, antes que dele ser Mateus, ele foi Levi, um judeu que trabalhou para a

Leia Mais »