Judeu diz que Deus o revelou que Jesus é o Messias ao estudar judaísmo

Deus manifesta o seu poder de muitas maneiras, se revelando no coração de quem realmente deseja lhe servir em espírito e em verdade. Para o judeu Gerry Cohen, residente em Londres, na Inglaterra, a experiência com o Senhor passou por anos de busca pela verdade, tendo início aos 10 anos.

Uma simples pergunta de um colega de escola acionou o “start” na mente de Garry com apenas dez anos:  “O que é Jesus quando você é judeu?”. O questionamento despertou a curiosidade do menino judeu, que na época estava se preparando para a cerimônia do bar-mitzvah.

O bar-mitzvah marca a entrada do jovem judeu na vida adulta, quando aos olhos da sua comunidade ele atinge a maturidade. Evidentemente, o profundo conhecimento da Bíblia Hebraica (Antigo Testamento) é fundamental, mas algo parecia não fazer sentido na mente do jovem Garry.

Isso porque, quanto mais se esforçava, mais o jovem judeu percebia que não conseguia cumprir todos os seus mandamentos. As coisas passaram a fazer sentido quando ele questionou ao dono de uma barraca o significado da palavra Shalom.

“Paul explicou que era a língua dos judeus, de quem veio nosso Messias, e me contou tudo sobre Jesus”, lembrou Gerry durante uma entrevista para o Church’s Ministry, segundo o God Report.

“Eu tinha apenas 12 anos e meio. Quando Paul falou da necessidade de confissão e perdão dos pecados, eu sabia que não havia honrado meus pais, que eu havia roubado, mentido, eu não tinha colocado Deus em primeiro lugar na minha vida, tudo isso quebrava os mandamentos”, disse ele.

Atualmente Garry tem 63 anos, mas ele lembra a sua conversão como se fosse hoje. Após entender a explicação de Paul, ele simplesmente caiu em prantos, sendo consolado pelos amigos cristãos que, ali mesmo, oraram por sua vida. Foi a sua entrega a Jesus!

“Percebi que, quando ele orava, estava conversando com alguém que conhecia pessoalmente. Eu apenas chorei e pedi perdão. E pedi a Yeshua que tomasse seu lugar de direito na minha vida”, lembra.

Hoje Garry faz parte de uma denominação messiânica (de judeus convertidos ao cristianismo) chamada Beit Sar Shalom, também em Londres, onde ensina doutrina bíblica e também atua como músico.

Gospel Mais

ÚLTIMOS POSTS

Há momentos em que falar é violar o momento, quando o silêncio representa o maior respeito. A palavra para tais tempos é a reverência, e

Leia Mais »