Lealdade sem constrangimento

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

Os fãs de esportes amam cantar as proezas de seus times. Vestindo as camisas, postando no Facebook sobre seus times amados, ou em conversas com amigos, os torcedores não deixam dúvidas sobre a sua lealdade. Meus bonés, camisetas e conversas sobre o meu time preferido indicam que também sou um dos que fazem isso.

Nossa lealdade aos esportes pode nos lembrar de que a nossa maior e mais verdadeira lealdade deve ser ao nosso Senhor. Penso nisso sem qualquer embaraço quando leio o Salmo 34. Nele, Davi chama nossa atenção a Alguém amplamente mais vital do que qualquer outro na Terra.

Davi afirma: “Louvarei o Senhor em todo o tempo” (v.1), e somos instados a pensar sobre os momentos em nossa vida quando vivemos como se Deus não fosse nossa fonte de verdade, luz e salvação. Ele diz: “meus lábios sempre o louvarão” (v.1), e pensamos sobre as muitas vezes que louvamos as coisas deste mundo mais do que o louvamos. Davi declara: “Somente no Senhor me gloriarei” (v.2), e percebemos que alardeamos mais nossos próprios pequenos sucessos do que o que Jesus fez por nós.

Não é errado gostar de nossos times, nossos interesses, nossas realizações. Mas nosso maior louvor vai para o nosso Senhor: “Venham, proclamemos a grandeza do Senhor; juntos, exaltemos o seu nome” (v.3).

Fonte: Pão Diário

ÚLTIMOS POSTS