Lewis Hamilton revoltado com o Vaticano por postura contrária à união gay

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

A postura de zelo pela doutrina bíblica em relação à homossexualidade suscitou ira contra o Vaticano. O piloto inglês Lewis Hamilton, heptacampeão de Fórmula 1, considerou “inaceitável para os dias atuais” que a Igreja Católica não celebre uniões entre pessoas do mesmo sexo.

No último dia 15 de março, o Vaticano, através da Congregação para a Doutrina da Fé, emitiu um posicionamento formal sobre questionamentos que vinham sendo feitos a respeito da permissão para que os sacerdotes católicos pudessem abençoar as uniões gays: “Deus não pode abençoar o pecado”, enfatizou o documento.

A repercussão entre os progressistas, defensores das bandeiras LGBT, foi imediata. Um dos principais representantes do movimento, o cantor Elton John, atacou Vaticano através das redes sociais, e recebeu manifestação de apoio de Lewis Hamilton.

“Como pode o Vaticano se recusar a abençoar casamentos gays porque eles ‘são pecado’, mas felizmente lucrar investindo milhões em Rocketman – um filme que celebra minha descoberta da felicidade de meu casamento com David? #hipocrisia”, escreveu Elton John.

“Sou solidário ao Elton John e à comunidade LGBTQ+ nessa causa. Isso é inaceitável para os dias atuais, ninguém pode ser vítima de preconceito ou discriminação por amar alguém, especialmente em nome de Deus, que sempre pregou a igualdade”, escreveu o piloto, de acordo com o GE.

“É muito triste saber que muitos terão que optar entre as suas preferências e a sua fé, e eu gostaria de dizer a esses seguidores que estou com vocês, que eu sei da dor de vocês e vou estar aqui para apoia-los. Amor é amor, nunca diga a ninguém que ele é diferente”, acrescentou Lewis Hamilton.

No anúncio da proibição de celebrações de uniões entre pessoas do mesmo sexo, a Igreja Católica fez questão de distinguir as boas-vindas à presença dos homossexuais nas missas, da hipótese pleiteada pela militância LGBT de bênção ao casamento gay, e frisou que conforme a Bíblia Sagrada, tais uniões não fazem parte do plano de Deus e que qualquer reconhecimento sacramental delas poderia ser confundido com casamento.

Publicação de Lewis Hamilton com críticas à Igreja Católica



Gospel Mais

ÚLTIMOS POSTS