Lidando Com a Realidade Como Ezequiel

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

Texto: Ezequiel 33:30-33

Introdução:

1. O ministério de vinte e dois anos de Ezequiel aconteceu entre 593 e 571 aC.

2. Ocorreu durante um período difícil na história de Judá.

a. Judá estava experimentando o julgamento de Deus.

b. Em 605 aC, Nabucodonosor conquistou a terra e exilou Daniel e outros para a Babilônia.

c. Os judeus se revoltaram contra a Babilônia e, em 597 aC, Nabucodonosor reprimiu e exilou mais dez mil pessoas para a Babilônia.

d. Ezequiel, membro de uma proeminente família sacerdotal, foi exilado nessa época.

e. Finalmente, os babilônios se cansaram dos judeus e, em 586 aC, destruíram Jerusalém e o templo.

3. Ezequiel profetizou na Babilônia ao mesmo tempo em que Jeremias profetizava em Jerusalém.

4. Sua mensagem centrou-se no julgamento (1-32) até que o Templo foi destruído, época em que seu tema mudou para restauração (33-48).

5. Ezequiel sabia desde o princípio que seu ministério seria difícil. 3:1-11

a. Deus disse a Ezequiel que as pessoas não o ouviriam, embora devessem. 3:5-7

b. Eles não ouviriam porque eram teimosos (teimosos) e obstinados (de coração duro).

c. Deus havia preparado Ezequiel exclusivamente, tornando-o mais teimoso do que aqueles com quem ele estava falando. 3:8-9 

NOTA: Aqueles que falam por Deus precisam ser determinados, focados e mentalmente e emocionalmente fortes.

6. A comissão e o chamado de Ezequiel foram claramente comunicados a ele por Deus. Ezequiel 3:10-11 “10 Disse-me mais: Filho do homem, recebe no teu coração todas as minhas palavras que te hei de dizer; e ouve-as com os teus ouvidos. 11 E vai ter com os do cativeiro, com os filhos do teu povo, e lhes falarás, e tu dirás: Assim diz o Senhor Deus; quer ouçam quer deixem de ouvir”

7. A realidade que Ezequiel enfrentou e a realidade que todo pastor fiel enfrenta hoje prova que não há nada de novo sob o sol. Eclesiastes 1:9 “O que tem sido, isso é o que há de ser; e o que se tem feito, isso se tornará a fazer; nada há que seja novo debaixo do sol”

8. Quando Ezequiel começou a segunda fase de seu ministério, Deus lhe disse que ele iria:

a. Atrair uma multidão.

b. Ser ouvido, mas não respondido.

c. Ser visto como entretenimento.

d. Ser vindicado.

I. Ezequiel Atraiu Uma Multidão. V. 30

A. Ele era bem conhecido e um tema de discussão nas ruas e casas da cidade.

B. Aqueles que iam ouvi-lo convidavam outras pessoas a fazer o mesmo: “Vinde, peço-vos, e ouvi qual seja a palavra que procede do Senhor”.

C. A vida religiosa do povo judeu continuou mesmo estando sob o julgamento de Deus.

D. Eles amavam a religião mesmo rejeitando a verdadeira adoração de Jeová.

NOTA: O que era verdade então é verdade hoje em dia, pois muitos amam as coisas relacionadas ao que é visto como adoração em nossa cultura, enquanto na verdade não amamos e obedecemos ao Senhor Jesus Cristo e à Palavra de Deus.

II. Ezequiel Foi Ouvido, Mas Sua Mensagem Não Foi Respondida. V. 31

A. Eles se reuniram e se sentaram diante de Ezequiel como o povo de Deus.

B. Eles ouviram a mensagem de Deus através de Seu profeta.

C. O que eles ouviram não teve impacto sobre como eles viviam.

D. Eles eram governados por seus desejos luxuriosos e corações pecaminosos.

III. Ezequiel e Sua Mensagem Nada Mais Eram do Que Outra Forma de Entretenimento. V. 32

A. Deus não queria que Ezequiel interpretasse mal as grandes multidões e aparente interesse que ele estava vendo.

B. Ele disse a Ezequiel: “E eis que tu és para eles como uma canção de amores, canção de quem tem voz suave, e que bem tange”.

C. Eles gostavam da mensagem entregue por Ezequiel, ouviam o que ele tinha a dizer, mas não puseram em prática o que ouviram. 

NOTA: A obediência a Deus caracterizará a vida de um verdadeiro cristão. Mateus 7:21-22 “21 Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. 22 Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitos milagres?

D. O problema não estava com Ezequiel ou sua mensagem; o problema era com as pessoas que ele estava tentando ministrar.

E. Paulo deixou claro que o que era verdade no dia de Ezequiel seria verdadeiro nos últimos dias da Era da Igreja.

1. 2 Timóteo 3:1-7 “1 Sabe, porém, isto, que nos últimos dias sobrevirão tempos penosos; 2 pois os homens serão amantes de si mesmos, gananciosos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a seus pais, ingratos, ímpios, 3 sem afeição natural, implacáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, inimigos do bem, 4 traidores, atrevidos, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, 5 tendo aparência de piedade, mas negando-lhe o poder. Afasta-te também desses. 6 Porque deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências; 7 sempre aprendendo, mas nunca podendo chegar ao pleno conhecimento da verdade”.

2. 2 Timóteo 4:1-4 “1 Conjuro-te diante de Deus e de Cristo Jesus, que há de julgar os vivos e os mortos, pela sua vinda e pelo seu reino; 2 prega a palavra, insta a tempo e fora de tempo, admoesta, repreende, exorta, com toda longanimidade e ensino. 3 Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo grande desejo de ouvir coisas agradáveis, ajuntarão para si mestres segundo os seus próprios desejos, 4 e não só desviarão os ouvidos da verdade, mas se voltarão às fábulas”.

NOTA: Muito do que chamamos de adoração hoje nada mais é do que entretenimento religioso que é cuidadosamente coreografado para atrair nossos desejos e preferências naturais.

F. A realidade é que a igreja não está tendo muito impacto na cultura, mas a cultura está tendo um impacto significativo na igreja.

IV. Ezequiel e Sua Mensagem um Dia Seriam Vindicados. V. 33

A. A mensagem que Deus deu a Ezequiel para pregar, um dia, certamente se cumpriria.

B. O juízo e a realidade podem demorar, mas ninguém pode escapar dele.

C. Meu objetivo não é agradar ou divertir, mas reprovar, repreender e exortar com muita paciência e instrução.

D. Eu entendo que a minha mensagem não irá agradar àqueles que querem que seus ouvidos sejam agradados.

E. Todo trabalho do pregador será um dia avaliado pelo Senhor Jesus Cristo.

F. Muitos que são vistos como sucessos aos olhos dos homens serão mostrados como fracassos diante do trono de Deus, e outros que são considerados fracassos aos olhos dos homens serão mostrados como tendo sido fiéis no tribunal de Cristo.

Conclusão e Aplicação

1. Estudos atuais revelam que muitos daqueles que professam ser seguidores de Jesus Cristo podem não ser verdadeiros discípulos.

2. Este fato é verdadeiro mesmo quando a mensagem que eles estão ouvindo é entregue por um pregador ou pastor que está comprometido em pregar fielmente a palavra de Deus.

3. Vários anos atrás, um estudo do Grupo Barna revelou que a maioria dos pastores tem uma visão excessivamente otimista do compromisso espiritual de seu rebanho.

4. Sua avaliação é baseada no que eles veem e ouvem dentro de um contexto religioso enquanto a realidade está sendo manifestada na cultura.

5.Que a nossa igreja seja um lugar onde as pessoas se reúnem como buscadores de Deus ou como pessoas de Deus, e então saem e realmente colocam em prática, ou vivem, e o que ouvem.

Fonte: Esboçosermão

ÚLTIMOS POSTS