Maná o Pão do Céu – Site do Pastor

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

MANÁ, O PÃO DO CÉU
Êxodo 16

“MANÁ, O PÃO DO CÉU” é um título adequado para para este sermão, pois Êxodo 16 é o registro histórico da chegada do PÃO DO CÉU, um dos símbolos mais importantes da Pessoa e da Obra de Jesus Cristo.

Pano de Fundo Histórico: Como vimos nos esboços anteriores, após a libertação da escravidão, o povo de Deus começou sua caminhada no deserto e, é claro, as provisões que eles trouxeram do Egito duraram pouco tempo. No entanto, o Senhor Nosso Deus já tinha planejado toda a logística para que o Seu povo chegasse à terra prometida são e salvo, incluindo o PÃO DO CÉU, que veio para eles todos os dias desta jornada.

Assim como todos os demais milagres bíblicos, este também é bastante questionado pelos críticos, por isso convém postar aqui alguns ESCLARECIMENTOS sobre o Pão do Céu.


PRÉVIA
(Esclarecimentos: O Pão do Céu…)

  • Veio do Céu.
  • Veio para todos.
  • E veio pela vontade de Deus.
1º ESCLARECIMENTO: O PÃO DO CÉU VEIO DO CÉU (Ex 16.4)

Há várias tentativas de “explicar” este milagre a partir de uma visão naturalista, dizendo, por exemplo, que este fenômeno ocorre às vezes naquela região.

No entanto, há pelo menos três argumentos que sustentam que foi, sim, um milagre:
a) Eles já estavam no deserto a 45 dias e o Maná (Pão do Céu) ainda não tinham visto nada parecido. (Ex 16.15)
b) A chegada do Maná foi profetizado um dia antes, assim como a “chuva” de codornizes. (Ex 16.4, 8 e 12)
c) A partir daquele dia, o Maná caiu sobre eles por 40 anos, todos os dias (Ex 16.35), eliminando a ideia de “às vezes”.

Do mesmo modo, muitos críticos tentam desclassificar Jesus como sendo O Filho de Deus. Querem classificá-lo como um homem qualquer, extraordinário, sim, dizem eles, mas apenas um homem.

Porém, analisando criteriosamente os seus ensinamentos, vida, morte e ressurreição, temos que concordar que são eventos superiores a qualquer coisa que seres humanos podem produzir. Jesus é exatamente quem ele diz ser: O Filho Unigênito, Um com o Pai, a Glória de Deus, o Encarnado, o Pão que veio do céu para nos salvar. Aleluia!

Eu sou o pão vivo que desceu do céu; se alguém comer deste pão, viverá para sempre; e o pão que eu der é a minha carne, que eu darei pela vida do mundo. João 6:51

2º ESCLARECIMENTO: O PÃO DO CÉU VEIO PARA TODOS (Ex 16.4)

O Pão do Céu veio para os judeus, mas, conforme podemos ver no registro bíblico, quando o povo israelita saiu do Egito, “… subiu também com eles muita mistura de gente” (Ex 12:38). E todos eles comeram o Maná, O Pão do Céu.

Além da questão da Universalidade, o Pão do Céu veio para todos os pecadores:

  • Gente ingrata e “reclamenta” (Ex 16.2).
  • Mentirosos (Ex 16.3a).
  • Encrenqueiros (Ex 16.3b).
  • Blasfemos (Ex 16.7, 8).
  • Desobedientes (Ex 16.19, 20a, 27, 28).
  • Inconsequentes (Ex 16.20b).
  • Irritantes (Ex 16.20c).

De igual modo, Jesus veio para todos os povos e para todos os pecadores, “dos quais eu sou o pior” (I Tm 1.15).


3º ESCLARECIMENTO: O PÃO DO CÉU VEIO PELA VONTADE DE DEUS

O povo reclamou da falta de carne e de outras comidas (Ex 16.3), e Deus lhes enviou uma nuvem de codornas e, no dia seguinte, o Pão do Céu. Olhando assim, deste jeito linear, parece que Deus cedeu às reclamações do povo, mas isso é uma conclusão precipitada.

Quando Deus os colocou no deserto, já havia planejado alimentá-los e saciar a sua sede todos os dias, até a chegada em Canaã. Mesmo que o povo não tivesse reclamado, Deus enviaria o sustento e a água para todos.

Deus não atende reclamações, Deus simplesmente planeja e executa os Seus planos. Reclamações não movem a mão de Deus em nosso favor.  De igual modo, Jesus veio do céu para nos salvar não pela vontade da carne, mas pela vontade de Deus.

“[Ele] Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus”. (João 1:11-13)

Tudo que Deus planeja, fez e faz, visa se revelar a nós, salvar-nos (Ex 16.6, 10, 12, 32, 33).

CONCLUSÃO

O Pão do Céu veio para todos os povos, nações e raças, para os tipos de gente, para todos os pecadores. Este milagre é um vislumbre do ABRANGENTE PLANO DE SALVAÇÃO DIVINO para a raça humana, perdida em seus delitos e pecados. Louvemos a Deus pelo Maná, O Pão do Céu.

E quanto a você, já se reconciliou com Deus? Já comeu o Maná de Deus?

 

Título: Maná, o Pão do Céu
Autor: Pr Ronaldo Alves Franco
Site do Pastor
Data: 05/07/2021

Deixe seu comentário logo abaixo.

Veja também nossos demais esboços: Esboços

Fonte: Site do Pastor

ÚLTIMOS POSTS