Márcio Valadão chora morte do ‘filho’ Fernando Guillen: ‘Tantos sonhos’

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

O pastor Márcio Valadão lamentou a morte do apóstolo Fernando Guillen, 41 anos, vitimado pela covid-19 na última quarta-feira, 17 de fevereiro. O líder da Igreja Batista da Lagoinha (IBL) comentou que tinha o colega de ministério como um “filho”.

“Caminhamos bem próximos durante alguns anos. Tínhamos tantos planos, sonhos e projetos. Era como se fosse um filho pra mim, tão querido, tão amado”, lamentou o pastor Márcio Valadão, que dirige a Igreja Batista da Lagoinha, denominação que vem se expandindo e possui filiais em todo o Brasil e até nos Estados Unidos.

Fernando Guillen vinha se dedicando à teologia do coaching, como demonstram as publicações em sua conta no Instagram. Ele havia lutado contra um linfoma em 2020, e havia superado a doença. No começo de janeiro foi internado em um hospital de Belo Horizonte (MG) após ser infectado pelo novo coronavírus.

De acordo com informações do jornal Estado de Minas, durante a internação, Fernando Guillen apresentou algumas complicações respiratórias e precisou ser transferido para um Centro de Terapia Intensiva (CTI). Inicialmente, seu quadro ficou estável, mas precisou ser entubado para tratar de problemas pulmonares causados pela covid-19.

No dia 09 de fevereiro, o apóstolo precisou passar por uma traqueostomia para acelerar a retirada do tubo, e embora o procedimento tenha sido bem-sucedido, logo depois ocorreram complicações que agravaram seu estado de saúde. Na última quarta-feira ele faleceu e sua assessoria publicou uma nota em sua conta no Instagram.

“Comunicamos que na madrugada desta quarta-feira 17/02/2021 nosso apóstolo, pai espiritual e general de Deus foi recebido nos céus. Ele levantou-se do leito de sofrimento e enfermidade, foi ao encontro de Jesus, que ficou de pé para recebê-lo, pois sua trajetória na Terra transcendeu”, dizia o texto.

Ele foi velado na manhã de quinta-feira, 18 de fevereiro, e sepultado na tarde do mesmo dia, no cemitério Parque Renascer, em Contagem (MG). “Apóstolo Fernando foi o idealizador do maior Seminário de Intercessão Profética da América Latina com mais de 3 milhões de pessoas alcançadas em 30 Nações. Os alunos dessa escola multiplicaram-se nesse tempo e em nome dele, estamos orgulhosos por esse exército que se levantou”, acrescentou a nota.



Gospel Mais

ÚLTIMOS POSTS