Menino de 8 anos sobrevive milagrosamente a aneurisma após campanha de oração

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

A vida de Blake, um menino de 8 anos, e de seus pais, Mark e Caroline Collie mudou quando ele sentiu uma forte dor de cabeça e começou a vomitar. Imediatamente seus pais o levaram para o hospital, mas quando chegaram ao pronto-socorro, Blake não estava mais respondendo.

A mãe se voltou para Deus em busca de ajuda para a condição de seu filho. Aparentemente, a tomografia computadorizada mostrou que ele teve uma hemorragia cerebral maciça e foi submetido a uma cirurgia de emergência. Seu médico descreveu o sangramento do garotinho como uma ameaça à vida porque estava no fundo de seu cérebro.

“Por favor Senhor, por favor não deixe este ser o último dia que temos nossa criança conosco”, orou Caroline.

Apoio em oração

Enquanto isso, os pais de Blake foram às redes sociais para que as pessoas se reunissem com eles em oração pela cura milagrosa pela criança. “Por favor, orem por Blake”, pediram.

Após a cirurgia, a equipe médica teve que colocar Blake em coma induzido. E no dia seguinte, ele ainda estava em estado crítico porque a pressão em seu cérebro ainda estava alta.

Mark e Caroline responderam em adoração e oração, acreditando em Deus por um milagre. Além disso, pessoas em todo o mundo já estavam lutando com eles em oração pela vida de seu filho, incluindo membros da equipe médica de Blake.

“Nós confiamos em Deus, vamos adorá-lo e orar para não perdermos o nosso filho”, disse Caroline.

“Deus é bom e Ele estava trabalhando naquela situação para o nosso bem”, disse Mark.

Milagre

Dezesseis dias depois, os médicos descobriram sinais de danos no cérebro de Blake. O que poderia significar que ele nunca mais ser capaz de andar, falar ou ver novamente. Mas mesmo assim, os pais continuaram a orar durante a noite por um milagre. Mark e Caroline só queriam continuar acreditando em Deus até o fim.

Um dia, Blake realizou algo milagroso que fez a enfermeira pediatra gritar, louvando a Deus. “Eu gritei, oh louvado seja Deus, lá estava a esperança, em um pequeno gesto”, disse a enfermeira.

Nos dias seguintes, eles continuaram a orar por Blake e ele continuou melhorando, o que fez os médicos retirarem grande parte dos equipamentos que sustentavam sua vida. O menino iniciou o processo de terapia, reaprendendo a andar, a falar e recuperando suas habilidades motoras; um processo que continuou por meses”.

Todos no quarto do hospital ficaram chocados e maravilhados com o milagre testemunharam. Hoje Blake está em casa com sua família.

“Por todos os relatórios, seu progresso foi incrível. Ele deveria ter todos os tipos de atrasos, mas o fato de que ele pode fazer tudo como antes é incrível. É um milagre”, declarou a enfermeira pediátrica.

A família de Blake agradeceu os cuidados médicos, as orações de pessoas próximas e distantes, e o amor de Deus. “Eu aprendi o poder de orar, de uma forma que diga a Deus ‘isso é o que eu espero, mas ao mesmo tempo orando para que a tua vontade seja feita’. Eu acho que oração é uma atitude de vida, é dar as boas-vindas a Jesus e ao Espírito Santo em cada momento”, declarou a mãe do menino.



Fonte: Guia-me

ÚLTIMOS POSTS