Mesmo na pandemia, pastor mantém reuniões de oração há 24 anos

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

Ter uma vida de oração a Deus é um dos principais ensinamentos da Bíblia Sagrada. O próprio Jesus Cristo vivia constantemente em vigília, o que inspirou um pastor batista a iniciar reuniões diárias de oração que já duram 24 anos de forma ininterrupta.

“Comecei a ver a importância dessa oração como modelo, que é a oração do Senhor Jesus no livro de Mateus”, disse o pastor  David Galvan, da Primera Iglesia Bautista Nueva Vida, no Texas, Estados Unidos, segundo informações do Baptist Press.

“Primeiro, ensinei isso para a igreja sobre a importância de dividi-la, e depois uso essa oração-modelo todos os dias. Os primeiros componentes da oração tornam-se, em minha mente, os mais cruciais”, completou.

A reunião de oração ocorre todos os dias às 6h no templo da igreja, mas com o surgimento da pandemia do novo coronavírus os fiéis tiveram que se adaptar. O pastor passou a fazer a reunião online e, para a sua surpresa, o número de pessoas interessadas em falar com Deus mais do que triplicou.

“Todos esses anos até a pandemia, os encontros atraíam de 5 a 12 pessoas por dia, de segunda a sexta-feira e depois no sábado, subiu para cerca de 70 pessoas que vieram e oraram”, disse ele. “Nossa média agora é de 35 a 50 (diariamente)”.

A procura dos fiéis reflete a preocupação com a situação do país, não apenas no contexto da saúde, mas também na política, já que os EUA enfrenta um momento de radicalismo em oposição ao atual governo do presidente Donald Trump.

Além disso, pessoas em todo mundo afetadas pela pandemia também se tornaram alvos dos pedidos nas orações, incluindo os missionários cristãos que arriscam suas vidas para levar o Evangelho de Jesus nas regiões mais isoladas do planeta, onde há pouca assistência médica.

“Estamos cientes das pessoas que estão sofrendo. Teremos apenas que orar e reconhecer que Deus é soberano”, afirma o pastor, que também enfatiza a importância da oração ser realizada individualmente com a mesma persistência.

Ele também recomenda que outros líderes sigam o seu exemplo, não importando o número de pessoas que participe das reuniões. “Eu diria a cada pastor:‘ Faça, mesmo que comece apenas com você e seus líderes’”, diz ele.

“Ou apenas faça um convite aberto e diga que vou começar a orar a esta hora. Basta dizer a eles onde e ver quem chega”, conclui Galvan.



Gospel Mais

ÚLTIMOS POSTS

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x