Missionário prega o Evangelho para levar ‘cura’ na fronteira entre México e EUA

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

O missionário Michael McGee, das Assembleias de Deus dos EUA, iniciou uma jornada de 11 dias ao longo dos quatro estados americanos que fazem fronteira com o México. Seu objetivo era ministrar crianças imigrantes, mas ele acabou tocando também a vida de policiais.

McGee, de 68 anos, viajou mais de 3 mil quilômetros em uma viagem que foi concluída em maio. Ao longo do percurso, ele fez 39 paradas e se encontrou com 28 pastores de distritos hispânicos, além de distribuir bíblias a agentes da patrulha de fronteira dos EUA. 

“O Senhor disse: Por minhas pisaduras você foi sarado” , disse McGee à AG News. “Isso foi parte da intervenção divina para trazer cura para a corrupção e a ilegalidade ao longo da fronteira.”

Os agentes sob intensa pressão com o aumento de migrantes tentando cruzar a fronteira, desde que o presidente Joe Biden afrouxou as restrições para a entrada no país. O pastor relata que vários agentes confessaram a ele sentimentos de desânimo, bem como confusão sobre seus papéis. 

Além de suas funções tradicionais, ao deter traficantes de drogas e estrangeiros sem documentos, os policiais têm enfrentado cada vez mais extremistas, traficantes sexuais e chefes de cartéis de narcóticos que tentam obter acesso aos EUA.

Eles também têm lidado com uma nova crise: cada vez mais pais desesperados estão deixando seus filhos — alguns ainda bebês — na fronteira. Com isso, os agentes passaram a se envolver na distribuição de alimentos, a fim de conter o problema humanitário.

“Esses agentes estão servindo ao nosso país, mas muitas vezes são incompreendidos e desvalorizados”, diz o pastor Rick Reyes, líder há 24 anos do Templo Bethel — uma igreja a apenas 10 minutos da fronteira mexicana.


O missionário Michael McGee ministrou agentes na fronteira entre México e EUA. (Foto: AG News)

“Do lado humanitário, eles gostariam de ajudar, mas são limitados pelo lado legal. Esses homens e mulheres precisam de alguém para alcançá-los e oferecer ajuda espiritual, e é isso que o ‘soldado Mike’ está fazendo”, acrescentou Reyes, elogiando o trabalho de McGee.

Projeto da Bíblia

Após a viagem, McGee diz que sentiu um incômodo da parte de Deus com a necessidade de doar Bíblias a todos os 20.000 agentes da patrulha de fronteira. Ele levantou dinheiro suficiente para distribuir 1.300 desses exemplares até agora. 

O Harvest Christian Center em El Paso, no Texas, servirá como centro de distribuição para as Bíblias. Eddie Lee, de 78 anos, que plantou a igreja no distrito de West Texas em 1992, orou com McGee na fronteira. Lee acredita que o que McGee está fazendo é importante.

“Precisamos informar aos agentes que nós, na Igreja, apreciamos o que estão fazendo”, disse Lee, que tem 6 agentes em sua congregação. “Eles estão trabalhando muito para nos manter seguros.”

O Harvest Christian Center fica a menos de 8 quilômetros da fronteira mexicana, com a violenta Ciudad Juárez do outro lado. A cidade mexicana tem a segunda maior taxa de homicídios do mundo.

Dale Cozart, um chefe aposentado da patrulha de fronteira dos EUA, que trabalhou na instituição por 29 anos, acredita que colocar as Escrituras nas mãos dos agentes é crucial.

“É o tempo de Deus para o ministério do Mike”, diz Cozart. “Deus o designou para ministrar a homens e mulheres que precisam da Bíblia.”



Guia me

ÚLTIMOS POSTS