‘Morram’, diz padre a fiéis que faltam às missas na pandemia

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

Um desabafo de um padre incomodado com a ausência dos fiéis na missa causou enorme polêmica entre católicos, já que o sacerdote desejou a morte aos frequentadores que haviam deixado de comparecer à paróquia durante a pandemia do novo coronavírus.

Antônio Firmino, padre da paróquia São João Batista, na cidade de Visconde do Rio Branco (MG), chocou os fiéis ao desejar a morte àqueles que, sem estarem em grupos de risco da covid-19, deixaram de frequentar as missas.

“Aí a gente vai vendo quem realmente ama a eucaristia… Porque tem alguns católicos, engraçado, que têm saúde, têm tudo e dizem: ‘Eu só vou na Igreja quando tiver a vacina’. Tomara que não apareça vacina para essas pessoas. Ou que morram antes de a vacina chegar, não é?”, desabafou o padre.

“Porque tem pessoas que não têm problema nenhum, que não estão no grupo de risco. Mas isso significa que não têm fé nenhuma, essas pessoas”, acrescentou o padre. A missa, que estava sendo transmitida ao vivo na página da paróquia no Facebook, virou notícia e motivou o sacerdote católico a se desculpar.

De acordo com informações do portal Uol, o padre Antônio Firmino se dirigiu aos fiéis pedindo perdão pelo excesso em sua declaração, que ele adjetivou como “infeliz”.

“Sou pecador e tenho as minhas misérias e preciso ter misericórdia de todos vocês”, afirmou, lembrando que ao longo de seu sacerdócio sempre foi um defensor da vida humana e no contexto da pandemia do novo coronavírus, mantinha a mesma postura: “Eu tenho me empenhado para preservar a vida em todos os sentidos”, declarou.



Gospel Mais

ÚLTIMOS POSTS

0
Adoraria sua opinião, por favor, comente.x
()
x