Mulher é curada de forma sobrenatural em culto, após 38 anos de dor

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

Deus pode trazer vida aos ossos, conforme a passagem bíblica de Ezequiel 37. Mas como aplicar isso na vida diária?

O pastor americano Steve Hannett é testemunha do poder de Deus para curar. Aos 19 anos, ele foi curado de câncer durante um encontro sobrenatural com Jesus e, desde então, foi movido por ver a verdade do Evangelho tocar multidões. 

Uma das pessoas alcançadas é uma mulher que foi até a igreja Abundant Grace Christian Church, em Nova Jersey, após acompanhar os cultos online. 

O pastor Steve Hannett disse em entrevista ao Charisma Podcast Network que aquela mulher tinha uma deformação na coluna, que a levou a uma deformação no pescoço. Ela já convivia com a dor há 38 anos. 

“E de repente, o Senhor começa a colocar nela o desejo de buscar a presença de Deus no templo”, conta Hannett.

A igreja vinha apresentando uma peça sobre como Deus dá vida aos ossos, explica Hannett. “Algo que parece morto pode voltar a ter vida?”, era a questão em pauta.

O pastor conta que, conforme a Palavra de Deus era transmitida, a mulher começou a sentir esperança. Se Deus pode dar vida a um vale de ossos secos, Ele pode tocar meu corpo, ela pensou.

“Nós a levantamos e começamos a orar por ela”, disse Hannett. “Eu orei por ela em nome de Jesus Cristo, e o poder de Deus encheu seu corpo, porque é isso que acontece quando você declara Seu nome com fé. E ela não conseguia ficar de pé; ela nunca tinha experimentado isso antes”, relata o pastor.

“Ela caiu para trás na cadeira e nós glorificamos a Deus”, ele acrescenta.

O pastor continuou declarando cura em nome de Jesus e a mulher se levantou “chorando incontrolavelmente, porque não sentia dor”, conta Hannettt. 

A dor havia governado a vida dessa mulher, até que ela foi tocada pelo poder milagroso de Deus.

“Esta é uma mulher que passou por 18 cirurgias, e algumas delas realmente funcionaram para queimar as terminações nervosas de suas costas, para que ela pudesse lidar com o nível de dor que estava sentindo. E ela estava controlando a dor com medicamento”, explica.



Guia me

ÚLTIMOS POSTS