Não corra sozinho


Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

Meu marido Jack já estava no quilômetro 40, quando sua força falhou. Era a sua primeira maratona e ele estava correndo sozinho. Depois de parar para beber água num posto de hidratação, sentiu-se exausto e sentou-se na grama ao lado da pista. Os minutos passavam, e ele não conseguia se levantar. Estava resignado a abandonar a corrida, quando duas professoras de meia-idade passaram por ele. Embora fossem estranhas, notaram a presença dele e o convidaram a correr com elas. De repente, Jack percebeu que ainda tinha forças para correr mais um pouco. Levantou-se e em companhia delas, terminou a corrida.

As mulheres que o incentivaram me lembram de Arão e Hur, dois amigos que ajudaram Moisés, o líder dos israelitas, num momento-chave (vv.8-13). Os israelitas estavam sob ataque. Na batalha, eles venciam apenas enquanto Moisés levantava o seu bordão (v.11). Assim, quando a força de Moisés começou a falhar, Arão e Hur ficaram ao lado dele, e sustentavam-lhe as mãos até o pôr do sol (v.12).

Seguir Deus não é um esforço solo. Ele não nos criou para correr sozinhos a maratona da vida. Os companheiros podem ajudar-nos a perseverar em meio às dificuldades, enquanto fazemos o que Deus nos chamou a fazer.

Deus, obrigado por relacionamentos que me encorajam a continuar te seguindo. Ajuda-me a também ser fonte de força para os outros.

Fonte: Pão Diário

ÚLTIMOS POSTS