‘Nós vamos te salvar’, diz Witzel, agora evangélico, a bandidos

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

O governador Wilson Witzel (PSC-RJ), ainda afastado do cargo por decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), tem chamado atenção com publicações nas redes sociais relacionadas à sua fé, após sua recente conversão a uma igreja evangélica. Nos comentários, muitos internautas consideram o conteúdo uma “forçação de barra”.

Afastado de suas funções desde agosto de 2020, o governador que está sendo processado em um impeachment que se arrasta na ALERJ por supostamente desviar recursos da Secretaria de Saúde do estado durante a pandemia de Covid-19, vem se esforçando para ressaltar que agora é evangélico.

“Nas coisas simples da vida estão os segredos de Deus. Creia e a fé mostrará o caminho”, escreveu Witzel na legenda de uma foto em que aparece segurando um bule e um coador de café. O governador foi batizado nas águas no final do ano passado.

Recentemente, compartilhou sua experiência após participar de um encontro de casais da Igreja de Nova Vida, em Inhaúma, e afirmou que foram momentos “de muito aprendizado” ao lado da esposa, Helena, também nova convertida.

O pastor que o batizou em dezembro, Mario Brunet, curtiu a publicação sobre o encontro de casais, mas essa demonstração de incentivo não foi suficiente para conter a má vontade dos fluminenses com o governador afastado. De acordo com a Veja Rio, cerca de 800 pessoas se prestaram a comentar a publicação, com boa parte reprovando a forma como Witzel se expõe.

“Se tivesse ficado sentadinho no banco, sem ter pego esse microfone, sem ter tirado fotos e postado, o senhor seria muito mais sábio. Melhor cair no esquecimento do que tentar aparecer”, escreveu um usuário da rede social.

“Educação de filhos requer bons exemplos por parte de quem educa”, lançou outro. “Que forçação de barra, hein…”, ironizou outra internauta. Em meio às críticas, houve quem defendesse a tentativa do governador para “se reerguer”, ou até sua aparente determinação em “agora fazer o bem”.

Fuzil x Bíblia

Mesmo com a desconfiança dos cidadãos em geral, e até os evangélicos, Wilson Witzel segue usando as redes sociais para mostrar que está comprometido com um novo estilo de vida.

Na última segunda-feira, 22 de fevereiro, ele compareceu a um culto da culto da Igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias (ADUD) e recapitulou uma frase que ficou famosa durante sua campanha eleitoral em 2018, segundo informações do portal Uol.

“Quero corrigir uma frase que eu disse em uma entrevista, já que Deus tocou em meu coração. Grava isso para viralizar. Durante a campanha, eu falei ‘troca o seu fuzil por uma Bíblia, senão nós vamos te matar’. Essa frase viralizou. Eu quero mudar essa frase hoje: ‘troque seu fuzil por uma Bíblia porque nós vamos te salvar’”, declarou o político.

No primeiro ano de governo, Wilson Witzel enviava recados aos traficantes e bandidos do Rio de Janeiro, dizendo que se fossem vistos portando fuzis, seriam abatidos pelos policiais do estado, militares ou civis. Ele chegou a comemorar a neutralização de um marginal que havia sequestrado um ônibus na Ponte Rio-Niterói, com um tiro de sniper.



Gospel Mais

ÚLTIMOS POSTS