O Grande EU SOU – Pregações e Estudos Bíblicos

Tema: FÉ

João 8.58

Introdução: Quem é Jesus? Muitos respondem a esta pergunta de forma automática ou religiosa: ‘é o Filho de Deus’. Mas Jesus se revela de uma forma muito mais profunda e infinita. Jesus é muito mais que um personagem histórico, não é uma utopia ou figura mitológica, mas é real (I Timóteo 1.17).
Com esta mensagem, desafio você que já se diz cristão a responder sinceramente: você conhece a Jesus? Quem é Jesus? Certamente você se lembrará de respostas prontas, mas evite-as. Busque responder inspirado pelo Espírito Santo (Mateus 16.17).

Vamos meditar na expressão de Jesus quando disse que é o EU SOU:

1- DIVINDADE: Êxodo 3.14

Quando
Jesus disse a expressão EU SOU, os fariseus e até mesmo seus discípulos se
espantaram. Esta pequena fase EU SOU foi usada por Deus quando se apresentou a
Moisés para explicar quem era Deus. Esta expressão deu origem ao nome de Deus
no Antigo Testamento, formado pelas letras YHWH, palavra impronunciável formada
somente de vogais, mas que de forma mais aproximada em português pode ser Jeová¹.
O
povo de Deus sempre teve muito respeito ao nome de Deus (Êxodo 20.7), por isso não
pronunciavam esta palavra por medo de pecar. Leia mais no estudo sobre OS NOMES DEDEUS.
Jesus
é a revelação Divina que veio ao mundo, o Verbo que se fez carne (João 1.14).
Quando Jesus disse EU SOU por três vezes somente no capítulo 8 de João (João 8.24,28 e 58),
de forma proposital, Jesus estava assumindo a sua divindade (Colossenses 2.9).

Jesus é Deus encarnado!

2- ETERNIDADE: João 1.1

Jesus
diz para os fariseus que “antes que Abraão existisse, EU SOU” (João 8.58).
Abraão, foi considerado o maior de todos os patriarcas do povo de Deus, o pai
da fé (Tiago
2.21
), mas Abraão morreu como todos os outros homens morrem (João 8.52,53).
Para ser maior que Abraão, somente alguém que não morresse como ele morreu.
Jesus
assume sua Eternidade quando afirma que é o EU SOU. Antes da criação de todas
as coisas Jesus já era o Verbo de Deus, estava presente em cada palavra da
formação do universo (Hebreus 1.2). Em Jesus todas as coisas foram
criadas, pois “Tudo
foi criado por meio dele e para ele
(Colossenses 1.16).
Jesus
é Eterno porque é Divino, e venceu a morte (I Coríntios 15.55), porque é “o único que possui a imortalidade”
(I Timóteo 1.16).
Por isso também é chamado de “Autor da vida” (Atos 3.15). Jesus é “o Alfa e o ômega” (Apocalipse 22.13).
Seu reino é eterno (II Pedro 1.11), seu propósito persiste eternamente
(Efésios 3.11),
porque Jesus é o “Pai
da Eternidade”
(Isaías 9.6), afinal, “Jesus Cristo, ontem e hoje, é o mesmo e o será para sempre” (Hebreus 13.8).

Jesus Cristo é eterno!

3- PODER: João 14.13,14

O
povo do Antigo testamento associava o nome de Deus EU SOU com o seu poder e
criavam títulos afirmando o poder do Senhor. Assim surgiram os nomes de Deus:
Para
cada necessidade do povo de Deus, o Senhor revela em seu nome o seu poder
suficiente para tudo o que precisamos.
Ao
dizer EU SOU, Jesus também está expressando o seu poder infinito. Jesus disse
que é “o Todo Poderoso” (Apocalipse 1.8). Jesus também afirmou seu poder quando
disse:
-EU
SOU a água da vida (João 4.14);
-EU
SOU o Pão da Vida (João 6.35);
-EU
SOU a Luz do mundo (João 8.12);
-EU
SOU a Porta da Vida (João 10.9);
-EU
SOU o Bom Pastor (João 10.11);
-EU
SOU a Ressurreição e a Vida (João 11.25);
-EU
SOU o Caminho, a Verdade e a Vida (João 14.6);
-EU
SOU a Videira Verdadeira (João 15.5).
Jesus
também mostra que Ele é o EU SOU e pode ser tudo o que precisamos. À frente da
expressão EU SOU podemos pela fé colocar qualquer necessidade que tivermos, que
Jesus será suficiente, porque Jesus “é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto
pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós” (Efésios 3.20).

Jesus é o Grande EU SOU!

CONCLUSÃO: Atos 4.12

O
nome que hoje devemos clamar e reconhecer acima de todo nome é o nome de Jesus,
“pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe
deu o nome que está acima de todo nome
, para que ao nome de Jesus se
dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra
e toda língua
confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai”

(Filipenses 2.9-11).
Precisamos
falar mais de Jesus e conhecer mais a Cristo. Leia o estudo QUEM É JESUS.
A Igreja precisa ser mais cristocêntrica, tendo Jesus como o centro e principal
em tudo.
Ser
é mais do que apenas estar ou existir. Portanto, Jesus vai além da existência
humana e supera nosso estado temporal. Nós apenas estamos, não somos nada. Por
isso precisamos de Jesus em nossas vidas. Jesus é o Grande EU SOU, aquele que é
Divino, Eterno e Poderoso.

Não há limites para o
poder de Jesus!

______________________________

Citações
Bíblicas
: Bíblia Revista e Atualizada, Sociedade
Bíblica do Brasil.

¹ STRONG,
James. Dicionário Grego do Novo Testamento.
Bíblia de Estudo Palavras-Chave: Hebraico. Grego.
Tradução de João Ferreira de Almeida. Edição Revista e Corrigida. Rio de
Janeiro: CPAD, 2011. Página 1677, verbete 3068.

livro os nomes de Deus

E-book: Os Nomes de Deus 

Os nomes de Deus são expressões usadas pelo povo de Israel para se referir ao Senhor através de seus atributos e obras maravilhosas. Em cada fase da história do povo de Deus, aprenderam um pouco mais sobre a glória do Senhor e o chamavam por nomes que marcavam esse momento. Este estudo é um convite a se relacionar cada vez mais com um Deus que é tudo que precisamos e sempre se revela a nós com amor.



Fonte: Esboçosermão

ÚLTIMOS POSTS

Há momentos em que falar é violar o momento, quando o silêncio representa o maior respeito. A palavra para tais tempos é a reverência, e

Leia Mais »