Pare de sonhar pequeno, ouse sonhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

Sonhos constroem pontes entre quem nós somos e quem fomos chamados a ser em Deus. Sonhar vai além do campo da imaginação, mas é caminhar em conexão com o propósito de Deus, nos desvencilhando de qualquer incredulidade e ufanismo sem Deus. 

Aquele que não sonha é como um carro sem gasolina que, apesar do seu potencial e de ter sido desenhado para se mover, continua paralisado, sem combustível e sem desfrutar do caminho que leva ao destino.

Apesar de iniciarmos um novo ano, é comum enfrentarmos dias de letargia, inércia, comodismo, inconstância e tudo o que se opõe ao ímpeto de nossa fé. É remando contra a maré de circunstâncias que entendemos o quanto precisamos ouvir a voz dAquele que tem o poder de aquietar a tempestade como fez com os díscipulos que estavam desesperados no barco ou até mesmo capaz de fazer de uma mulher estéril como Sara, gerar filhos mesmo em idade avançada. Histórias como estas não deveriam apenas nos inspirar, mas levar-nos do nível em que nós estamos para o nível que Ele quer nos levar, uma vez que estamos abastecidos de fé.

Ele sonhou com você. Ele tem sonhos mais elevados ao seu respeito, inclusive, muito mais além do que uma listinha que poderíamos instar no âmago de nossas petições. Aquele que é o autor de nossa fé, cria possibilidades mesmo em um contexto completamente desfavorável e ensina-nos que nunca é tarde demais para concretizar ou experimentar sonhos que Ele mesmo coloca dentro de nós e que pulsam constantemente, afinal, além de autor é também consumador de nossa fé, no entanto, Ele mesmo realiza e surpreende a todos aqueles que ousam sonhar.

Há coisas que acontecem nesta vida que são inevitáveis e podem realmente nos assombrar, quando não conseguimos alcançar um alvo, quando não conseguimos cumprir objetivos, quando sonhos parecem desvanecer com o passar do tempo ou quando a religiosidade coloca limites entre o comum e o sobrenatural, entre sonhar ou viver como um espectador de um jogo de xadrez em que vemos todos os outros moverem as peças, sem que nada podemos fazer.

A ordem não é ver para crer, mas o oposto leva-nos a entender que a fé não é sensorial, não é simplesmente sentir para crer, mas evidenciar o quanto cremos e depositamos a nossa confiança naquele que é capaz de sobressaltar as nossas expectativas. Só seremos capazes de compreender os sonhos de Deus quando compararmos aos nossos sonhos e enxergarmos a magnitude daquilo que só Ele pode fazer, conforme Efésios 3:20: “Àquele que é capaz de fazer infinitamente mais do que tudo o que pedimos ou pensamos, de acordo com o seu poder que atua em nós.”

Deus está usando pessoas para concretizar a visão a respeito dos sonhos que Ele tem a você e simultaneamente as conexões do Reino começam acontecer para mostrar que Deus sempre está em movimento ao seu favor. Deus nunca arquiva sonhos, guarde isso. A antítese de que Deus está demorando porque está caprichando não pode definir o tempo, o modo e o prazo, pois no relógio do céu, nada está atrasado, sem controle ou indefinido, mas orquestrado e completamente alinhado para se cumprir no momento certo. O contrassenso daquilo que cremos com aquilo que vemos é a razão pelo qual muitos não saem da zona de conforto para desfrutar de grandes sonhos, afinal, é corriqueiro ouvir que todos já tentaram e não conseguiram, e logo pensam: “mas você?” Sim, é por você mesmo que Deus está pronto a movimentar os céus por apenas uma simples resposta de fé.

Sonhar é agarrar o nada e vislumbrar um futuro muito além do que os olhos naturais podem ver, pois Deus é especialista em usar o nada como matéria prima para realizar o extraordinário. O texto de Colossenses 1:15 deveria elevar as expectativas do nosso coração pelo porvir, pois ao Deus invísivel não há limites para quem ousa sonhar. São tantas preocupações, ansiedade, resistências e parece que desperdiçamos todas as tentativas, e sem perceber, deixamos os sonhos extinguirem ao invés de nutri-los em fé.

Certa vez, na minha adolêscencia ouvi uma frase que penetrou ao meu coração e me fez pensar muitos dias, e dizia: “A diferença entre um sonhador e um realista é que o realista sabe onde quer chegar enquanto o sonhador já está lá, chegou antes.” Uau! Ouvir isso foi como uma porção fresca de entusiasmo e ânimo nos meus dias. Aparentemente uma frase ímplicita, mas observe que um realista gasta muito tempo tentando fazer, produzir, conquistar pelo próprio esforço, enquanto aquele que sonha experimenta muito antes, vai a lugares muito antes, vizualiza antecipadamente, principalmente porque decidiu sonhar em fé. “Olha lá, o sonhador” – eles disseram. Deixe que digam, assim reconhecerão que você é exatamente a expressão de um Deus que sonhou com você e por isso você pode sonhar grande e gratuitamente.

Matheus Grismaldi é escritor, missionário e assessor de comunicação e imprensa em Angola, África. Também integra equipe de plantações de Igrejas, dedica-se ao discipulado, apaixonado pelo Evangelho e faz parte da liderança na Igreja Videira, Vinha Angola. É o filho caçula de três irmãos, nascido em lar cristão, natural de São Paulo, carrega o sonho de ver uma geração vivendo a grande comissão e missões transculturais.

* O conteúdo do texto acima é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: O menino da manjedoura que se tornou rei

Guia me

ÚLTIMOS POSTS