pastor amigo de Justin Bieber é demitido da Hillsong

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

O pastor Carl Lentz, que liderava a filial de Nova York da Hillsong, foi removido do cargo pela direção da igreja na Austrália após ele admitir que cometeu adultério. O sacerdote se tornou figura conhecida internacionalmente por sua amizade com o cantor Justin Bieber.

Sempre ávido ao endossar discursos politicamente corretos – como fez recentemente ao declarar que as igrejas propagam o racismo –, Carl Lentz foi demitido pela Hillsong em um comunicado feito pelo presidente da igreja, Brian Houston.

Segundo o pastor Brian Houston, a decisão de remover Lentz da função “não foi tomada levianamente e foi feita no melhor interesse de todos, incluindo o pastor Carl”, e acrescentou que a situação foi discutida a partir de “questões de liderança e quebra de confiança, além de uma revelação recente de falhas morais”.

Evitando falar sobre o adultério, Houston afirmou que o “foco neste momento é honrar a Deus e cuidar pastoralmente de nossa comunidade eclesial da Costa Leste, bem como da família Lentz”, conforme informações do portal Christian Today.

“Embora não tenha dúvidas de que este é o curso de ação correto, devo mencionar a tristeza de Bobbie [sua esposa] e minha tristeza pessoal, pois conhecemos Laura e Carl por mais de 20 anos. […] Os cultos da Hillsong East Coast e todos os nossos ministérios continuarão como de costume, e continuaremos a ser um lugar de esperança, amor e fé por meio da mensagem poderosa e transformadora do Evangelho de Jesus Cristo. Esta é uma mensagem que nossa nação e o mundo precisam ouvir, mais do que nunca durante uma época de tanta instabilidade e incerteza”, concluiu.

Confissão de adultério

Carl Lentz, 41 anos, veio a público posteriormente para admitir que havia cometido adultério. No Instagram, publicou mensagem dizendo estar “profundamente arrependido por quebrar a confiança de muitas pessoas”.

“Fui infiel em meu casamento, o relacionamento mais importante da minha vida e responsabilizado por isso. Essa falha é minha, e só minha, e assumo total responsabilidade por minhas ações”, disse ele. “Eu agora começo uma jornada de reconstrução da confiança com minha esposa, Laura e meus filhos, e dedico um tempo real para trabalhar e curar minha própria vida e buscar a ajuda de que preciso”, acrescentou.

Ele foi cofundador da Hillsong em Nova York ao lado de Joel Houston, em 2010. Desde então, atuava como pastor da igreja e agora, após sua demissão, classificou a situação como um “final difícil para o capítulo mais incrível, impactante e especial de nossas vidas”.

“Liderar esta igreja tem sido uma honra em todos os sentidos da palavra e é impossível articular o quanto amamos e sempre amaremos as pessoas incríveis desta igreja […] Quando você aceita o chamado de pastor, deve viver de maneira que honre o mandato. Que honre a igreja e que honre a Deus”, finalizou, admitindo que o adultério não deixava margem para uma decisão diferente: “Quando isso não acontece, uma mudança precisa ser feita e foi feita neste caso para garantir que o padrão seja mantido”.

Por fim, acrescentou que tem esperança de reconquistar a confiança no futuro: “Nós, a família Lentz, não sabemos como será o próximo capítulo, mas entraremos nele juntos com muita esperança e gratidão pela graça de Deus”.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Our time at HillsongNYC has come to an end. This is a hard ending to what has been the most amazing, impacting and special chapter of our lives. Leading this church has been an honor in every sense of the word and it is impossible to articulate how much we have loved and will always love the amazing people in this church. When you accept the calling of being a pastor, you must live in such a way that it honors the mandate. That it honors the church, and that it honors God. When that does not happen, a change needs to be made and has been made in this case to ensure that standard is upheld. Laura and I and our amazing children have given all that we have to serve and build this church and over the years I did not do an adequate job of protecting my own spirit, refilling my own soul and reaching out for the readily available help that is available. When you lead out of an empty place, you make choices that have real and painful consequences. I was unfaithful in my marriage, the most important relationship in my life and held accountable for that. This failure is on me, and me alone and I take full responsibility for my actions. I now begin a journey of rebuilding trust with my wife, Laura and my children and taking real time to work on and heal my own life and seek out the help that I need. I am deeply sorry for breaking the trust of many people who we have loved serving and understand that this news can be very hard and confusing for people to hear and process. I would have liked to say this with my voice, to you, in person because you are owed that. But that opportunity I will not have. So to those people, I pray you can forgive me and that over time I can live a life where trust is earned again. To our pastors Brian and Bobbie, thank you for allowing us to lead, allowing us to thrive and giving us room to have a voice that you have never stifled or tried to silence. Thank you for your grace and kindness especially in this season, as you have done so much to protect and love us through this. We, the Lentz family, don’t know what this next chapter will look like, but we will walk into it together very hopeful and grateful for the grace of God..

Uma publicação compartilhada por Carl Lentz (@carllentz) em



Gospel Mais

ÚLTIMOS POSTS

0
Adoraria sua opinião, por favor, comente.x
()
x