Pastor batiza 760 novos convertidos após cruzada evangelística na Índia

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

Um missionário indiano tem se dedicado a enfrentar toda a adversidade do cenário de perseguição a cristãos em seu país para levar o Evangelho às pessoas, e o esforço resultou, recentemente, em um batismo coletivo de 760 novos convertidos.

A Índia vive um cenário de extremismo devido a um movimento político denominado ultra-nacionalismo, liderado pelo Partido do Povo Indiano, que levou Narendra Modi ao posto de primeiro-ministro. Uma das facetas desse movimento é a rejeição às religiões oriundas de outras culturas, como o cristianismo.

O pastor Rashphal se dedica ao evangelismo ao lado da esposa, na região de Uttar Pradesh, uma das áreas de maior hostilidade a cristãos no país, que tem uma posição de destaque negativo na Lista Mundial de Perseguição elaborada anualmente pela Missão Portas Abertas. Atualmente, a Índia ocupa a 10ª posição de um total de 50 países.

O projeto missionário de Rashphal é consequência de uma experiência pessoal vivida há aproximadamente 13 anos, quando ele decidiu se entregar a Cristo após ser curado de leucemia, popularmente conhecido como “câncer no sangue”.

Desde então, ele não mede esforços para levar a Palavra de Deus às pessoas: “Temos feito muitas cruzadas abertas, visitado os pobres e os leprosários, impedido centenas de abortos e batizado os novos crentes”, contou Rashphal, que era da religião Punjabi, em entrevista ao portal Guia-me.

Batismo de novos convertidos

Um dos pontos altos desse esforço missionário foi o batismo coletivo de 760 pessoas num único dia: “Veja o que estamos fazendo aqui: são pessoas que abandonaram alguma religião para se tornarem cristãos, como hinduísmo e islamismo”, contou, mostrando as fotos de centenas de novos convertidos em fila para receber o batismo nas águas do Haridwar, no início de abril.

Essa celebração essencial na fé cristã foi possível graças a uma cruzada Evangelístico no norte da Índia, realizada em lugares diferentes, com apoio de uma rede de igrejas chamada Connection Church, que conta com mais de 470 igrejas domésticas na Índia, 200 no Nepal e 15 no Butão.

O caso do Nepal, em particular, merece destaque: o país vem registrando o maior crescimento percentual no número de cristãos em todo o mundo, de acordo com números da World Christian Database.

A rede Connection Church conta com 80 pastores que servem na Índia, no Nepal e no Butão, detalhou Rashphal, explicando que o trabalho missionário em um ambiente tão hostil exige suporte dos irmãos na fé que vivem em nações com liberdade religiosa e cenário econômico mais favorável: “Precisamos de cinco mil [exemplares da] Bíblia em hindi para nossos novos membros da igreja e membros da igreja com hanseníase que cuidamos”.

“Estamos trabalhando no ministério, mas não temos apoio financeiro de qualquer lugar. Então, além de suas orações para que Deus continue nos ajudando, precisamos das Bíblias”, apelou o pastor Rashphal.

Gospel Mais

ÚLTIMOS POSTS