Pastor diz como crescer no ‘lugar secreto’ com Deus: “Ele quer se encontrar com você”

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

“Existe um lugar secreto onde você pode se esconder do inimigo. Existe um lugar onde você pode entrar e descansar. Esse lugar é a presença de Deus.” Este é o caminho apontado pelo pastor Joel Engel em meio às angústias e dificuldades da vida.

Em pregação na semana passada, Engel explicou como é viver escondido em Deus no que ele chama de “lugar secreto”. “O homem é o único ser criado por Deus que tem os pés na terra, mas o seu coração no céu. O homem foi criado para viver em dois ambientes: no terreno e no celestial”, observa.

Para se aprofundar no assunto, Engel voltou ao jardim do Éden, quando Adão e Eva tinham comunhão plena com Deus e não havia pecado.

“Deus criou um jardim para ter um encontro com o homem. Todos os dias, na viração do dia, acontecia o momento do encontro. Deus, o Pai, descia no jardim para se encontrar com seus filhos, Adão e Eva”, afirma o pastor.

A Bíblia menciona em Gênesis 3 que Deus encontrou com Adão e Eva “na brisa do entardecer”, indicando que esse encontro acontecia diariamente. “Imagine essa cena. Os pássaros cantando, a natureza se alegrando — chegou o Criador”, observa o pastor.

Engel ainda compara o encontro entre Deus e o homem à comunhão que acontece na mesa. “A mesa é símbolo de amizade. Só senta na sua mesa quem é seu amigo. Deus considerava Adão seu amigo e ia ter comunhão com ele”, afirma.

O pastor lembra que há um lugar secreto onde podemos ter a mesma comunhão que havia no Éden. “Existe um lugar onde Deus se encontra com você. E quando Deus chega, o medo some, a doença não permanece e a tristeza pula de alegria. Quando Ele chega, Ele traz para a mesa a provisão”, destaca.

Restaurando a comunhão

Naquele dia em que Deus apareceu na brisa do entardecer, no entanto, Gênesis diz que o homem e sua mulher ouviram o Senhor caminhando pelo jardim e se esconderam dele entre as árvores.

“Então o Senhor Deus chamou o homem e perguntou: ‘Onde você está?’. Ele respondeu: ‘Ouvi que estavas andando pelo jardim e me escondi. Tive medo, pois eu estava nu’. ‘Quem lhe disse que você estava nu?’, perguntou Deus. ‘Você comeu do fruto da árvore que eu lhe ordenei que não comesse?’” (Gênesis 3:8-11)

E assim houve a queda.

De acordo com Engel, Satanás havia planejado o engano. “O veneno da serpente é a mentira, ou seja, a distorção da verdade”, afirma. “A serpente conseguiu destruir a amizade entre Deus e o homem com uma intriga.”

Quando entrou o pecado, Deus determinou que o homem perdesse acesso ao Éden. Desde então, o homem passou a estar em trevas.

“A escuridão não existe, o que existe é a ausência de luz. Deus é luz. Quando Deus se afasta, a luz se afasta. E assim, você vive na escuridão”, ilustra o pastor.

Engel lembra ainda que, no hebraico, a palavra “luz” significa conhecimento e “trevas” significa ignorância.

“Na escuridão, vem também o medo. Essa sensação de medo vem quando Deus se afasta. E quando Ele vai embora, um vazio brota dentro de você”, explica.

No entanto, por meio do sacrifício de Jesus, o pastor lembra que houve uma restituição da nossa amizade com Deus e incentiva: “Nesse momento, onde você está agora, você pode entrar no seu quarto de oração”.

Veja a pregação completa:

Guia me

ÚLTIMOS POSTS