Pastor é suspeito de esfaquear garota de programa em motel

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

Uma tentativa de homicídio está sendo investigada pela Polícia Civil do Mato Grosso do Sul e o principal suspeito é um pastor evangélico de Goiás, após a garota de programa atacada em um motel identifica-lo por fotos e vídeos.

O nome do religioso está sendo mantido em sigilo pelos investigadores da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM) de Campo Grande, capital do estado.

Em depoimento à Polícia, a garota de programa relatou que atendia o acusado em um motel no Jardim Tijuca e contou detalhes da tentativa de homicídio. Ela foi atingida no pescoço e quadril.

No Boletim de Ocorrência, a garota de programa disse que foi contratada por volta de 12h00, e os dois se dirigiram ao motel. Duas testemunhas do crime prestaram depoimento na DEAM e relataram que no final da tarde, o acusado foi à recepção do estabelecimento sozinho para quitar a conta.

Quando ia sair, foi avisado que um funcionário precisava ir ao quarto para conferir a situação da acompanhante. Nesse momento, a mulher foi encontrada no corredor, sangrando e pedindo por socorro.

Enquanto a equipe do motel corria para socorre-la, o homem aproveitou o tumulto para fugir. Os funcionários, então, se trancaram no estabelecimento e acionaram a Polícia Militar e equipe de Resgate do Corpo de Bombeiros, para que a vítima recebesse atendimento de emergência.

A garota de programa foi atendida na Santa Casa de Misericórdia, e foi medicada, suturada, e submetida a exames de imagens e laboratoriais. Quando o quadro geral apresentava melhoras, recebeu alta hospitalar.

Após ser liberada para voltar pra casa, ela foi ouvida pela Polícia e, enquanto fazia a descrição do agressor, dando características bastante peculiares, os investigadores buscaram fotos em redes sociais e vídeos de pregação no YouTube, o que levou a garota de programa a identifica-lo como sendo o homem que a havia atacado.

De acordo com informações do portal Campo Grande News, diante da identificação, policiais passaram a realizar buscas para localizar e deter o suspeito.

Gospel Mais

ÚLTIMOS POSTS