Pastor incentiva a orar o Salmo 122 pela paz de Jerusalém: “Nunca foi tão importante”

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

Em meio aos últimos conflitos entre israelenses e palestinos, o pastor Joel Engel fez um alerta a cristãos de todo o mundo para cumprirem o mandato do Salmos 122:6: “Orem pela paz de Jerusalém”.

Em vídeo publicado pelo Ministério Engel na terça-feira (11), o pastor pede à igreja brasileira que interceda por Israel neste tempo de violência e mortes. “Jerusalém está debaixo de ataques”, ele alerta.

As celebrações do Dia de Jerusalém, encerradas na noite de segunda-feira (10), foram marcadas por confrontos no Monte do Templo, quando foguetes foram disparados contra Jerusalém.

Tudo começou com confrontos entre a polícia e centenas de jovens palestinos, depois que a polícia israelense decidiu mudar a rota da marcha da bandeira do Dia de Jerusalém, impedindo manifestantes árabes de entrarem na Cidade Velha pelo Portão de Damasco, localizado em um bairro muçulmano.

Em 10 de maio, em resposta aos distúrbios em Jerusalém, o Hamas e a Jihad Islâmica Palestina começaram a disparar foguetes contra Israel da Faixa de Gaza. 

Mais de 2.000 projéteis foram disparados contra Israel desde a tarde de segunda-feira, matando 9 pessoas, incluindo um menino de 5 anos, atingido por um fragmento de foguete em Sderot, no sul de Israel.

O ministério da saúde de Gaza, dirigido pelo Hamas, disse na manhã desta sexta-feira (14) que o número de mortos aumentou para 115 palestinos, 27 dos quais afirmam serem crianças. 

Israel afirma que a maioria dos mortos em Gaza eram membros de grupos terroristas ou, em alguns casos, morreram por causa de foguetes palestinos acidentais, incluindo várias crianças.


Foguetes disparados da Faixa de Gaza, enquanto os interceptores do Domo de Ferro protegem Israel. (Foto: Anas Baba/AFP)

Segundo o pastor Joel Engel, a grande probabilidade é que “Israel não vai ceder e os inimigos não vão cessar” os ataques. “É triste, lamentável, mas é bíblico: essa guerra vai acontecer no lugar mais disputado da Terra”, alerta.

Por isso, ele destaca a importância de orar o Salmos 122:6-7, que diz: “Orem pela paz de Jerusalém: Vivam em segurança aqueles que te amam! Haja paz dentro dos teus muros e segurança nas tuas cidadelas!”

“Nunca foi tão importante cumprir e obedecer essa ordem”, afirma Engel. “Nós sabemos que é bíblico e as profecias vão se cumprir. Dali sairá um estopim de uma grande guerra, que vai culminar na volta do nosso Messias, Jesus Cristo”.

Ele ainda questiona: “Será que agora os relógios começaram a andar? A nós não compete saber o dia e a hora, somente ao Pai, mas nós precisamos saber o tempo e a estação e ver os sinais”.

Engel também faz um apelo para orar pelas famílias. “Quando são soltos os espíritos de contenda e de guerra, como diz Apocalipse, toda a Terra está em guerra — irmão contra irmão, pai contra filho. Cuidado para que esse espírito de animosidade, guerra e rebelião não entre em sua casa. Que haja paz na sua família, que haja paz em nossa nação e que haja paz em Jerusalém, em nome de Jesus!”

Veja o vídeo completo:



Guia me

ÚLTIMOS POSTS

Seu Você Oposto

Mateus foi um apóstolo, um autor de um dos evangelhos. Mas, antes que dele ser Mateus, ele foi Levi, um judeu que trabalhou para a

Leia Mais »