Pastor se tornou técnico na NFL e tem feito sucesso: ‘Minha força é Cristo’

O técnico Frank Reich tem uma trajetória inusitada: foi jogador da NFL nos anos 1990 e depois se tornou pastor e presidente de seminário. Porém sua jornada no maior esporte dos Estados Unidos não havia acabado, e em 2018 voltou como técnico para reconstruir o Indianápolis Colts.

Em 1997, Frank Reich era o quarterback reserva do Carolina Panthers, mas o sonho de ser técnico já rondava seu coração. Ele se aposentou em 1998 e sua vida seguiu outros caminhos.

“Quando estava jogando, sempre pensei que seria um treinador. Quando entrei no ministério de tempo integral, foi por todos os motivos certos – um amor verdadeiro, sincero e de coração por Deus. Eu estava tentando fazer a coisa certa”.

Essa declaração, dada à Coalizão pelo Evangelho nos EUA, resume as reviravoltas na vida do técnico que vem fazendo sucesso com um time improvável: o Indianapolis Colts, que não ia à fase “mata-mata” (playoffs) da NFL desde 2014, conseguiu avançar no primeiro ano de Reich como técnico, em 2018.

Em 2021, após começar com três derrotas, o time vem virando o jogo e tem a projeção de 72% de probabilidade de chegar aos playoffs da NFL, de acordo com informações do Indy Star.

Reich, que há três anos deixava a presidência do campus de Charlotte (Carolina do Norte) do Seminário Teológico Reformado (RTS), falou sobre como tem usado sua fé cristã para estimular os atletas de sua equipe.

“Algumas pessoas sabem que nossa equipe tem usado a metáfora de escalar o Monte Everest para fazer um paralelo em nossa busca para chegar ao topo. E não demorou muito para descobrir que essa metáfora não se aplica apenas ao futebol. Em vez disso, pode ser uma imagem dos muitos desafios que todos nós enfrentamos, certo? Todos nós enfrentamos montanhas que estamos tentando escalar”, afirmou o técnico Frank Reich após a vitória no último domingo, 21 de novembro, sobre o badalado Buffalo Bills.

“A razão pela qual estou fazendo isso aqui e agora é porque quase 30 anos atrás, depois de um grande jogo no final do corredor, em uma coletiva de imprensa, compartilhei a letra de uma música que significava muito para mim”, disse Reich.

Em 1993, Reich recitou a letra da música In Christ Alone quando era jogador do Bills após a vitória nos playoffs sobre o Houston Oilers, virando 32 pontos de desvantagem na ocasião, um recorde que continua sendo a maior vitória inesperada na história da NFL.

“Realmente fala de onde eu tiro minhas forças. A música é In Christ Alone […] Pode encorajar alguém que está escalando sua própria montanha agora”, afirmou na entrevista coletiva do último domingo.

O técnico continuou, recitando o refrão: “Somente em Cristo coloco minha confiança e encontro minha glória no poder da cruz. Em cada vitória, diga-se de mim que minha fonte de força e minha fonte de esperança é somente Cristo”.

Por fim, acrescentou: “Embora tenha sido há quase 30 anos quando li essas palavras aqui neste estádio, esta semana me lembrei de Hebreus 13:8 que diz: ‘Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e para sempre’”.

Gospel Mais

ÚLTIMOS POSTS