Professor é afastado após pedir para alunos se beijarem em troca de pontos

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

O professor do Colégio Estadual Heitor Villa Lobos, em Salvador (BA), que pediu aos seus alunos para se beijarem em troca de pontos na média curricular, foi afastado das suas funções nesta semana.

O caso veio à tona após surgir na internet relatos sobre o caso. Ele pediu aos estudantes do 6º ano para se beijarem em sala de aula em troca de pontos na média curricular. O fato teria ocorrido no dia 11 de novembro, durante uma aula de artes.

A Secretaria de Educação afirmou por meio de uma nota que ao tomar conhecimento da denúncia pela direção do colégio, afastou imediatamente o professor e instaurou um processo administrativo para apurar o caso.

Os adolescentes do 6º ano A/Fundamental II têm entre 11 e 13 anos de idade. Diante do caso, duas mães de alunos prestaram queixa contra o professor na Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca). Além disso, o Ministério Público encaminhou o caso para adoção das providências cabíveis no âmbito das Promotorias de Justiça da Infância, Criminal e da Educação.

“Ele já tinha feito isso com outras pessoas, mas na sala de meu filho, por sorte, não fez”, relatou a mãe de um dos estudantes do 9º ano. Segundo ela, o seu filho contou que a ação já era rotineira por parte do educador, principalmente nas turmas de 6º ano.

A diretora do Colégio, Jeana Lemos de Oliveira, disse que “repudiou o ato e agiu imediatamente”, e que menos de 24h após o ocorrido, se reuniu com os estudantes na presença dos pais, e enviou uma ata dessa reunião para a SEC, solicitando o afastamento imediato do professor e pedindo a adoção das medidas cabíveis.

RELATO DE UMA ESTUDANTE

Áudios que circulam na internet de uma aluna presente na sala de aula, revelam o ocorrido.

“Estávamos em uma aula com o professor de artes. Aí uma menina chegou no professor e falou: ‘professor, eu gosto daquele menino’. Aí o professor incentivou a gente a se beijar, menina com menina, menino com menino e menino com menina. Aí ele falou depois: ‘quem se beijar dou cinco pontos’. E ofereceu até dinheiro, R$ 5. Aí a diretora veio e pediu o celular de todo mundo que estava na sala, e pediu todos os vídeos das pessoas que estavam na sala e apagou”, conta uma estudante.

Os alunos chegaram a filmar a situação, mas os celulares teriam sido confiscados pela diretora da escola, que teria apagado os vídeos.

A diretora da escola confirmou o caso e disse que solicitou aos alunos que apagassem os vídeos, porém enviou para o seu aparelho de celular dois vídeos com conteúdo do ocorrido, e os enviou para a SEC para que integrem a sindicância contra o professor.Ezoicreport this ad



Portal do Trono

ÚLTIMOS POSTS