PTB estaria sondando Cabo Daciolo para disputar vaga no Senado

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

Cabo Daciolo, ex-deputado federal e candidato à presidência derrotado em 2018, poderá ser candidato ao Senado pelo Rio de Janeiro em 2022. O convite teria sido feito pelo presidente do PTB, Roberto Jefferson.

Em 2022, as eleições para o Senado contemplarão apenas uma vaga. No Rio de Janeiro, a vaga que será renovada é a que atualmente é ocupada por Romário (PODE).

As outras duas vagas são ocupadas por Flávio Bolsonaro (Republicanos) e Carlos Portinho (PSD), que assumiu o mandato após o falecimento de Arolde de Oliveira (PSD) em decorrência da covid-19.

Os rumores de que Roberto Jefferson quer lançar a candidatura de Daciolo ao Senado nas próximas eleições indicam que o presidente do PTB pretende endurecer a disputa, já que é provável que Romário seja candidato à reeleição e que os partidos de esquerda também lancem candidatos.

Cabo Daciolo surgiu na política filiado ao PSOL, onde obteve 50 mil votos em 2014 e foi eleito deputado federal devido ao quociente eleitoral. Naquele ano, o candidato mais votado do partido no Rio de Janeiro foi Jean Wyllys, com mais de 144 mil votos.

Polêmico e, por vezes, cômico, Daciolo fez um mandato que desagradou a gregos e troianos: foi expulso do PSOL, rompeu com a bancada evangélica e, por fim, se filiou ao PT do B, que atualmente se chama Avante.

De acordo com informações do portal Gospel Prime, o ex-deputado atualmente está sem partido, e não atendeu aos pedidos de comentário sobre os rumores a respeito de sua eventual candidatura ao Senado em 2022.



Gospel Mais

ÚLTIMOS POSTS