‘Que ela cresça nos caminhos do Senhor’, pede pai de bebê abandonada

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

“Que ela cresça nos caminhos do Senhor”. Essa foi uma das preocupações dos pais de um bebê recém-nascido deixado em uma caixa de papelão num bairro da periferia de Salvador (BA).

Um catador de recicláveis achou a menina numa caixa em frente a um terminal de ônibus na avenida Afrânio Peixoto, no bairro Paripe, e acionou a Polícia Militar. Junto com o bebê, uma carta em que os pais diziam que as dificuldades financeiras não permitiriam que eles ficassem com ela.

A carta se refere à menina como Sophia e diz que os pais “um dia” irão procura-la, e que ela deve saber que é amada por eles, de acordo com informações do portal A Tarde.

Em outro trecho, eles dizem que não têm o que comer em casa, e isso abalou sua capacidade psicológica para cuidar de maneira digna do bebê. Em seguida, fazem um pedido a quem se dispor a cria-la: “Peço que cuidem muito bem da minha pequena Sophia e que ela cresça nos caminhos do Senhor. […] Saiba que nós te amamos, filha. Beijos de seu pai e de sua mãe”.

A Polícia Militar acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que socorreu a criança e posteriormente levou-a até a Maternidade Tsylla Balbino, onde ficou recebendo cuidados médicos.

O caso foi registrado na 5ª Delegacia Territorial e não há maiores informações sobre as investigações. A diretora-geral da Maternidade Tsylla Balbino, Rita Calfa, informou que a pequena Sophia passa bem, embora esteja em tratamento de fototerapia (exposição a raios de luz) por apresentar icterícia, condição que causa o amarelamento da pele.

Conforme informações do portal Uol, Sophia pesa pouco mais de 3,2 quilos e foi submetida a uma série de exames, incluindo um teste para averiguar infecção, quadro que não se confirmou.

Rita Calfa acrescentou que comunicou o caso ao Juizado da Infância e Juventude e ao Ministério Público da Bahia. A Secretaria Estadual de Saúde (SESAB) informou que a criança deve ter alta entre esta quarta-feira, 28 e a próxima quinta, 29 de abril.

Confira as partes legíveis da carta:

“Sei que o que estou fazendo é muito doloroso. Infelizmente, eu e sua mãe estamos vivendo uma vida muito difícil. Às vezes, não temos nem o que comer em casa. Dó muito fazer o que estou fazendo. Você ainda é muito pequena e não sabe ainda o que é a vida.

Sei que você não tem culpa por ter nascido, mas infelizmente não tenho condições de te dar uma vida digna. Espero um dia te ver novamente e poder te pedir perdão pelo que eu fiz. Espero que quem te achar cuide muito bem de você e te ame muito.

Peço que cuidem muito bem da minha pequena Sophia e que ela cresça nos caminhos do Senhor. Beijos do seu pai e da sua mãe. Um dia irei atrás de você. Saiba que nós te amamos, filha. Beijos de seu pai e de sua mãe”.

Gospel Mais

ÚLTIMOS POSTS