‘Se Deus quiser, André Mendonça será ministro do STF’, diz Bolsonaro

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

O presidente Jair Bolsonaro demonstrou confiança na aprovação do nome do pastor André Mendonça para a vaga em aberto do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), e disse que “se Deus quiser”, o Senado aprovará.

A declaração foi dada na tarde desta quarta-feira, 28 de julho, a cidadãos que foram à entrada do Palácio da Alvorada.

Na conversa com um menino chamado André, o presidente da República perguntou se ele conhecia o advogado-geral da União, indicado por ele para o STF.

“Você conhece André Mendonça? Se Deus quiser será o futuro ministro do Supremo Tribunal Federal. Além de terrivelmente evangélico, é uma pessoa extremamente capacitada”, disse Bolsonaro à criança, de acordo com informações do portal O Antagonista.

A expectativa positiva em relação à aprovação de André Mendonça vem de duas frentes. A primeira envolve o indicado, que vem dialogando com senadores para tranquiliza-los a respeito de sua visão sobre a Constituição Federal e garantir um número razoável de votos favoráveis.

A segunda é relacionada à recente reforma ministerial promovida por Bolsonaro, que convidou o presidente do Partido Progressista (PP), senador Ciro Nogueira, para ser ministro da Casa Civil e ampliar sua base de apoio no Congresso Nacional.

Essa movimentação política deverá ser decisiva não apenas para a aprovação da indicação do pastor André Mendonça para o STF, como também é considerada essencial para o andamento da PEC 135/19, que institui o voto auditável nas próximas eleições.

Gospel Mais

ÚLTIMOS POSTS