Sepultado corpo de pastor que dizia que ressuscitaria 3 dias após a morte

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

Um pastor que havia dito em 2008 que ressuscitaria no terceiro dia após sua morte foi enterrado na última segunda-feira, 25 de outubro, três dias depois de falecer.

Huber Carlos Rodrigues morreu na última sexta-feira, 22 de outubro, na cidade de Goiatuba (GO), por complicações da covid-19.

A funerária responsável pelos procedimentos de preparação do corpo foi informada pela família sobre a particularidade e decidiu esperar o prazo.

Às 23h30 do terceiro dia desde a morte do pastor, a funerária conferiu o corpo e informou a família que daria prosseguimento ao sepultamento.

Uma multidão aguardava do lado de fora das instalações da empresa para conferir se o pastor ressuscitaria, e até um canal de TV local acompanhou o carro fúnebre.

De acordo com informações do portal O Povo, muitas pessoas foram ao cemitério onde ocorreu o enterro para aguardar a chegada do carro fúnebre, e na hora que os operários desceram o caixão à cova, houve gritos exigindo que ele fosse aberto antes, mas o sepultamento foi levado adiante.

A “promessa” de ressuscitar no terceiro dia havia sido feita pelo pastor em 2008, quando ele escreveu e assinou uma carta em que dizia ter ter sido “revelado pelo Espírito Santo” que ele ressuscitaria.

O pastor havia sido internado com covid-19 em agosto deste ano e morreu no dia 22 de outubro após ter tido uma melhora que o proporcionou sair do quarto de UTI para um leito comum, mas houve piora do quadro geral e ele não resistiu às complicações.

Gospel Mais

ÚLTIMOS POSTS