Especialistas apontam a erotização infantil como agravante para o aborto

O aborto na menina de 11 anos, realizado em Santa Catarina na semana passada, trouxe à tona mais uma vez uma série de debates sobre moralidade, proteção à vida e também a erotização infantil, apontada por alguns especialistas cristãos como um dos agravantes da gravidez precoce, consequentemente da morte de bebês no ventre materno. A …