Tribo que já matou missionários recebe 2.500 Bíblias em seu idioma

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

Ser missionário em algumas das regiões mais isoladas do mundo não é uma tarefa fácil e por vezes implica em arriscar a própria vida, podendo resultar a morte. Foi o caso de dois missionários que visitaram a tribo Yali pela primeira vez na região do Vale Seng, em Papua, há cerca de 55 anos atrás.

Conhecidos na época por ser um povo guerreiro e até canibal, os Yali não receberam bem a chegada dos missionários Mundial Phil Masters e Stan Dale. Como resultado, os dois teriam sido mortos por flechadas, segundo a WhBrasil.

Mas o incidente trágico não impediu que outros missionários mantivessem o desejo de anunciar o Evangelho de Cristo para os membros da tribo. Novos proclamadores da Palavra foram ao local nos anos seguintes, porém com mais cautela, e conseguiram contato com os indígenas.

O trabalho missionário rendeu frutos, mesmo décadas depois. Agora, a tribo Yali recebeu, por exemplo, cerca de 2.500 Bíblias Sagradas traduzidas para o próprio idioma, um feito de alcance extraordinário. O material foi entregue nas aldeias de Dekai, Oakbisik e Holuwan.

Linda Ringenberg, cujo marido Dave foi um dos pilotos que pilotaram o avião carregando as Bíblias, disse:

“Quando os pilotos do MAF perguntaram aos Yali se poderiam retirar uma Bíblia e abri-la para uma foto em Holuwan, os moradores imediatamente escolheram o Salmo 119:105: ‘A tua palavra é lâmpada para os meus pés e luz para o meu caminho.’”, afirmou, segundo o Christian Post.

Ela observou que em vez do período de obscuridade e violência que cercou a tribo Yali décadas atrás, antes da chegada do Evangelho de Jesus, os  membros das aldeias agora desfrutam da paz de Deus, revelando que o novo entendimento transformou suas vidas.

“Agora, em vez de esperar pela guerra, a igreja Yali tem esperado por mais Bíblias em seu idioma. Porque Deus em Seu amor de longo alcance, trabalhou através de um assassinato, um acidente de avião, missionários fiéis, tradutores e organizações”, disse ela.

“As tribos Yali não andam mais no caminho das trevas. Seu caminho é iluminado pela Palavra de Deus”, conclui a missionária.



Gospel Mais

ÚLTIMOS POSTS

0
Adoraria sua opinião, por favor, comente.x
()
x