Um Novo Mandamento Que Vos Escrevo

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

Texto: 1 João 2:6-9

Introdução: Jesus
veio buscar e salvar os perdidos. Paulo foi inspirado a escrever: “pois que Deus estava em Cristo
reconciliando consigo o mundo, não imputando aos homens as suas transgressões;
e nos encarregou da palavra da reconciliação”
(2 Coríntios 5:19).

O Evangelho Segundo Lucas e o Livro de Atos são
irrefutáveis, estabelecidos para serem um registro preciso, embora não
exaustivo, da vida de Cristo e da propagação do Evangelho nas primeiras décadas
após a morte, sepultamento e ressurreição de Jesus Cristo. Asseguro-lhe que,
embora não rejeitamos a validade histórica dos quatro Evangelhos, poderia
dar-lhe os nomes de historiadores do primeiro século que mencionaram Cristo. Houve
o historiador judeu Flavio Josefo e dois historiadores romanos, Tácito e Caio
Suetónio.

Os Evangelhos sinópticos, Mateus, Marcos e Lucas nos
fornecem um relato preciso do nascimento, vida, ensinamentos e sacrifício de
Jesus Cristo. A palavra “sinóptico” significa ver da mesma forma, e qualquer
boa harmonia dos Evangelhos ilustrará esse ponto. O Evangelho Segundo João – é
o Evangelho “de” Jesus Cristo, “Segundo” João – foi escrito posteriormente para
convencer as pessoas de que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus e para
persuadi-las a confiar Nele para a vida eterna. É respondida a heresia gnóstica
daquela época, assim como fornece respostas para as heresias hoje.

A Primeira Epístola de João refuta a afirmação gnóstica de
que Jesus apenas parecia ser humano (1:1-4). Nesta pequena epístola responde
essa heresia e todas as heresias semelhantes. Também revela como podemos saber
que conhecemos Jesus Cristo (2:3-5). Isso é ampliado nos versos 6-9.

I. Todos os Crentes
Devem Andar Como Jesus
​​Andou. V.
6.

“aquele que diz estar
nele, também deve andar como ele andou”

A. “Aquele que diz estar
nele” deve viver como Jesus viveu.

1. Todos os verdadeiros crentes permanecem em Cristo.

“Dizia, pois, Jesus
aos judeus que nele creram: Se vós permanecerdes na minha palavra,
verdadeiramente sois meus discípulos”
(João 8:31).

“Se vós permanecerdes
em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedi o que quiserdes, e vos
será feito”
(João 15:7).

2. Nenhum incrédulo permanece Nele.

“Quem não permanece em
mim é lançado fora, como a vara, e seca; tais varas são recolhidas, lançadas no
fogo e queimadas”
(João 15:6).

3. Se você permanece em Cristo, o Espírito Santo permanece
em você.

“E eu rogarei ao Pai,
e ele vos dará outro Ajudador, para que fique convosco para sempre. a saber, o
Espírito da verdade, o qual o mundo não pode receber; porque não o vê nem o
conhece; mas vós o conheceis, porque ele habita convosco, e estará em vós”
(João
14:16-17).

4. Permanecer em Cristo é ser habitado pelo Espírito Santo.

5. Se você permanece em Cristo, você precisa ser cheio do
Espírito Santo.

6. Se você está cheio do Espírito Santo, você andará no
Espírito.

B. Se você permanece
em Cristo, você deve andar como ele andou.

1. As palavras “ele andou” refutam a falsa doutrina.

Jesus realmente era humano. Ele era de carne e osso. João e
seus condiscípulos tocaram nele, viram-no, ouviram-no falar, comeram com ele e
caminharam com ele. Jesus literalmente caminhou pelas ruas empoeiradas de
Nazaré, vadeou as águas do Mar da Galileia e escalou a colina da Judéia. Ele
trabalhou com as mãos. Ele experimentou fome e sede. E ele tinha um senso de
humor incrível!

2. Enquanto Jesus andava entre eles, Ele manifestou Seu Pai
celestial.

3. Jesus andou no poder do Espírito Santo.

“E repousará sobre ele
o Espírito do Senhor, o espírito de sabedoria e de entendimento, o espírito de
conselho e de fortaleza, o espírito de conhecimento e de temor do Senhor”

(Isaias 11:2).

“Batizado que foi
Jesus, saiu logo da água; e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito
Santo de Deus descendo como uma pomba e vindo sobre ele; e eis que uma voz dos
céus dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo”
(Mateus 3:16-17).

“O Espírito do Senhor
está sobre mim, porquanto me ungiu para anunciar boas novas aos pobres;
enviou-me para proclamar libertação aos cativos, e restauração da vista aos
cegos, para pôr em liberdade os oprimidos, e para proclamar o ano aceitável do
Senhor”
(Lucas 4:18-19).

4. Somente na Cruz Jesus foi abandonado pelo Pai e pelo
Espírito Santo.

5. Na terra, Jesus era o cabeça de Sua Igreja.

6. Durante a era da igreja, o Espírito Santo capacita a
igreja.

“Ora, isto ele disse a
respeito do Espírito que haviam de receber os que nele cressem; pois o Espírito
ainda não fora dado, porque Jesus ainda não tinha sido glorificado”
(João
7:39).

7. Se você andar como Jesus andou, você andará no Espírito.

“para que a justa
exigência da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas
segundo o Espírito. Pois os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas
da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito”
(Romanos
8:4-5).

“Vós, porém, não
estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós.
Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele. Ora, se
Cristo está em vós, o corpo, na verdade, está morto por causa do pecado, mas o
espírito vive por causa da justiça”
(Romanos 8:9-10).

8. Tanto a adoração quanto o ministério dependem de sermos
cheios do Espírito. Efésios 5:18

9. Nós nos tornamos testemunhas de Cristo quando somos
cheios do Espírito Santo. Atos 1:8.

10. O Espírito Santo nos capacita a nos revestir de Cristo
(ver Romanos 13:14).

C. Vamos examinar os
princípios de se revestir de Cristo.

1. O propósito do Espírito Santo é glorificar a Cristo
perante o mundo.

2. O Espírito Santo glorifica a Cristo dentro dos crentes.

“Ou não sabeis que o
vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que habita em vós, o qual possuís da
parte de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por preço;
glorificai pois a Deus no vosso corpo”
(1 Coríntios 6:19-20).

a. O enchimento do Espírito Santo produz o caráter de
Cristo.

b. A presença do Espírito Santo produz uma compreensão de
Cristo.

c. O Espírito Santo escreve a Palavra de Deus no coração
(não em pedra).

d. Cristo habita no crente se ele estiver cheio do Espírito.
Efésios 3:16-17.

e. Se você está cheio do Espírito Santo, Cristo é
glorificado no corpo humano.

f. O Espírito Santo santifica os cristãos.

Deixe-me apresentar dois versículos para sua consideração ao
pensar sobre o ministério do Espírito Santo nos corações dos crentes. O
primeiro é Filipenses 2:5: “Tende em vós
aquele sentimento que houve também em Cristo Jesus”.
Quando o Espírito
Santo o orienta de modo que você não apenas conheça a mente de Cristo, mas
também comece a pensar como Cristo, você está no processo de santificação.

O segundo versículo é Romanos 8:29: “Porque os que dantes conheceu, também os predestinou para serem
conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre
muitos irmãos”.
Qualquer que seja sua posição sobre a doutrina da eleição,
podemos concordar em uma coisa? É o desejo de Deus que cada crente seja
conformado à imagem de Seu Filho. Acredito que também podemos concordar em
outro ponto: você não pode se conformar à imagem de Jesus Cristo. Esse é o
ministério do Espírito Santo. Você se conforma bem com a imagem de Jesus?

Tanto o pensamento quanto a conformação implicam progresso.
Devemos frequentemente parar para considerar nosso progresso no Senhor.

II. O Novo Mandamento
Não é Novo de Forma Alguma. V. 7-8.

“Amados, não vos
escrevo mandamento novo, mas um mandamento antigo, que tendes desde o
princípio. Este mandamento antigo é a palavra que ouvistes. Contudo é um novo
mandamento que vos escrevo, o qual é verdadeiro nele e em vós; porque as trevas
vão passando, e já brilha a verdadeira luz”.
(2:7-8).

A. O maior mandamento
não é um novo mandamento. V. 7

1. Embora não seja declarado aqui, o mandamento denota os
dois maiores mandamentos.

a. Devemos amar o Senhor de todo o nosso coração, alma,
mente e força.

b. Devemos amar nosso próximo.

2. A repetição aqui não é sem propósito.

a. Não há palavras perdidas na Bíblia.

b. A repetição é importante para os alunos de piano.

c. Um treinador de futebol treina a equipe para conduzir os
jogos na prática até que eles os executem instintivamente.

d. Uma mulher passa maquiagem todas as manhãs.

e. Para um homem, barbear-se é bastante repetitivo.

B. O mandamento é um
mandamento antigo.

1. Seu mandamento não é novo “em espécie”.

2. “Não é velho” significa não velho “na
espécie”.

3. Eles sempre tiveram o mandamento de amar um ao outro.

4. Já era muito antes de João escrever essas palavras.

C. Por outro lado,
Ele está dando a eles um novo mandamento. V. 8-9.

1. As trevas da velha vida de pecado estão passando.

2. A verdadeira luz já estava brilhando em e através de suas
vidas.

3. As trevas do mundo foram invadidas pela “verdadeira luz”
de Jesus Cristo.

4. Jesus é a luz do mundo.

Conclusão: Jesus
prometeu que enviaria o Espírito Santo quando voltasse para o céu. O Espírito
Santo convenceria as pessoas perdidas de seus pecados e do julgamento que
viria. Ele procuraria convencê-los da justiça disponível para eles em Jesus
Cristo.

Uma vez que o indivíduo recebe Jesus Cristo como Salvador, o
Senhor coloca o Espírito Santo em seu coração, nutre-o e o desenvolve, para conformá-lo
à imagem de Seu Filho (Romanos 8:29). No Espírito Santo, o crente é cheio de
poder para ser uma testemunha de Cristo, para crescer na graça e no
conhecimento de Jesus Cristo, para entender e aplicar a Palavra de Deus, e o
poder para andar na luz – isto é, para ande como Jesus andou. Ele é aquele que
nos permite amar uns aos outros como Deus nos ama. Esta é a vida de Cristo e
está disponível para aqueles que vêm a Jesus para Sua grande salvação.

Fonte: Esboçosermão

ÚLTIMOS POSTS