Valores da família tradicional são narrados por crianças contra Burger King

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on linkedin

O Burger King recebeu uma resposta à sua campanha publicitária que endossa bandeiras LGBT, incluindo a ideologia de gênero, com um vídeo em que crianças explicam os valores da família tradicional.

A polêmica começou com um vídeo da rede de fast-food em que crianças são usadas para defender a ideologia de gênero e a homossexualidade, em suma.

Como a reação negativa foi forte no meio cristão, com diferentes pastores se manifestando contra a peça publicitária e a mensagem transmitida pela empresa, agora a resposta tem ganhado um aspecto mais objetivo.

A Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) publicou em seu canal no YouTube um vídeo em que crianças explicam como são suas famílias, tradicionais, e o plano de Deus descrito em Gênesis que dá significado a essa instituição.

“Minha família é meu pai, minha mãe e meus dois irmãos”, diz uma menina logo no começo. “Deus criou a família e Ele tem um propósito”, acrescenta um menino. “A minha família é como a Bíblia diz — homem e mulher e seus filhos”, afirmou outra menina, reiterando o conceito da mensagem.

“Criou Deus o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou (Gênesis 1.27)”, encerra o vídeo, após os depoimentos das crianças sobre a família formada por pai, mãe e filhos.

O líder da ADVEC, pastor Silas Malafaia, usou as redes sociais para protestar contra a rede de fast-food: “O Burger King é nojento. Nada mais que inescrupuloso é deturpar a sexualidade das crianças. Deixe a criança ser criança, cambada de covardes! Diga não ao Burger King”, escreveu, pedindo boicote contra a empresa.

Gospel Mais

ÚLTIMOS POSTS